×

Paróquia Nossa Senhora do Líbano - Carmo do Cajuru

Paróquias

Faculdade de Pará de Minas promove encontro de Formação com os professores

quarta-feira, 12 de agosto de 15 às 10:00 | Atualizado às 14:52
Faculdade de Pará de Minas promove encontro de Formação com os professores

Na manhã do último sábado (08), a FAPAM – Faculdade de Pará de Minas promoveu um grande encontro de formação com os professores da Instituição.  O tema “avaliação” foi estudado e debatido com o conferencista, Professor Pedro Vasco Moretto. Vasco Moreto é professor há muitos anos e possui grande experiência no assunto. Já escreveu diversos livros relacionados com o tema “educação”. Cerca de 100 professores estiveram na Fapam grande parte do dia. De manhã, todos ouviram a palestra do conferencista. Na parte da tarde, participaram das reuniões dos colegiados. Nessas reuniões os professores podem avaliar as experiências e planejar o semestre letivo para cada curso.


Após a palestra, Professor Vasco Moretto conversou com nossa reportagem. Segundo ele, o papel do professor, hoje, deve ser o de  mediador do processo de aprendizagem, isto é, criar condições para que o aluno aprenda. Apesar da avalanche de informações que chegam ao aluno a cada momento o papel do professor não pode ser substituído. O conhecimento é construção do aluno. Cabe ao professor selecionar quais as informações são relevantes para o aluno nesse processo. O professor deve ser um orientador da aprendizagem.


Para Vasco Moretto, a expressão “Pátria Educadora” não passa de uma fraude que deve ser questionada. Como ser pátria educadora, se em muitas regiões do país, faltam até mesmo bancos nas escolas? Ele ainda critica o monopólio de grandes grupos que promovem cursos e, repetindo um modelo de educação tradicional, enriquecem às custas dos alunos que precisam do vestibular. A falta de uma política de educação é que acaba garantindo “ilhas de excelências”. O que deveria ser regra passa a ser exceção.  Ainda assim, são essas ilhas de excelência, que o motivam a acreditar que tudo possa mudar. Elogiou o esforço da Fapam em promover esse encontro de qualificação dos professores.


Comparando o professor atual com o professor do passado, Vasco Moretto afirma que hoje o quadro está pior. O professor atual não tem status, autoridade e salário digno. Por isso, poucos se sentem atraídos por essa missão, por mais nobre que seja. Confira, abaixo:

 

 

 

 

Ruperto Vega, Diretor da Fapam, falou de sua alegria ao ver a casa cheia nesse terceiro encontro de formação docente. O primeiro aconteceu em agosto de 2014, e tratou do tema “Metodologias ativas”, o segundo foi em fevereiro e abordou o tema “Habilidades e Competências”. Dessa vez, o tema escolhido foi “Avaliação”.  O objetivo do encontro de formação, para Ruperto, é basicamente provocar. A provocação pode levar a pessoa a desconstruir e refazer conceitos.  O processo de aprendizagem é complexo e o aluno que chega à universidade, muitas vezes, não aprendeu a aprender. Isso exige muito do professor que, além de ajudá-lo na sua formação profissional e acadêmica, deve ensiná-lo a estudar. O aluno da Fapam, segundo o diretor, está chegando cada vez mais jovem na instituição. Ele vem do ensino publico e acredita que o curso superior será um divisor de águas em sua vida.


A Faculdade de Pará de Minas conta, atualmente, com quase 1500 alunos e cerca de 200 funcionários. Abriga 11 cursos distribuídos em quatro escolas:


Escola de Educação: Pedagogia, Letras, Matemática.


Escola Jurídica: Curso de Direito.


Escola de Saúde: Psicologia e Enfermagem.


Escola de Negócios: Administração,  Contábeis, Agronegócios,Gestão da Tecnologia da Informação, Gestão Ambiental.


Todos os Cursos funcionam no período noturno. O Diretor Ruperto sonha com novos cursos para a Fapam, principalmente, na área de engenharia. Mas, no momento a Fapam está utilizando 100% de sua área física e graças a Deus a procura pelos cursos cresce cada vez mais.

 

 

 

Lígia Muniz, Assessora Pedagógica da Fapam, fez uma avaliação muito positiva do evento e falou do esforço  da Instituição para buscar a excelência de seus cursos. Para que isso ocorra, a qualificação do professor é algo fundamental. Debater a avaliação é refletir sobre a prática pedagógica do professor. A avaliação deve acontecer desde o primeiro dia de aula. A hora da prova não dever ser um acerto de contas, mas, também um momento de aprendizagem. Lígia pensa em uma maneira de acompanhar os novos professores para que eles também entrem nessa dinâmica de avaliação.

 

 

 

 

Giovane Vinícius, professor da Fapam, disse que a palestra de Vasco Moretto foi muito esclarecedora. Ele trabalha no Curso de Direito. O Direito regula a vida em sociedade e a sociedade que é dinâmica. Por isso, o professor da área deve estar atento às novidades legislativas, doutrinas jurisprudências...  Isso não é fácil porque hoje tudo acontece rápido demais, mas é certo que o direito deve se esforçar para acompanhar as transformações:

 

 

Abaixo, você confere um vídeo com o Professor Vasco Moretto sobre competências e habilidades:

 

Notícias Relacionadas

14 abr 17
20 jul 17
08 jun 18
10 jul 15

Parceiros