×

Santas Missões Populares na Paróquia de São Judas Tadeu

quarta-feira, 02 de agosto de 17 às 07:00 | Atualizado às 16:07
Santas Missões Populares na Paróquia de São Judas Tadeu

De 22 a 30 de julho, nossa paróquia viveu um tempo especial de graça, as SANTAS MISSÕES POPULARES. Desde de agosto de 2016, os contatos entre a paróquia São Judas Tadeu e os Missionários Redentoristas foram se estreitando através do Pe. Alfredo Avelar, C.Ss.R.. A equipe missionária contou com uma equipe de 23 missionários: 7 padres, 7 seminaristas, 1 fráter e 8 missionários leigos redentoristas, distribuídos em 9 comunidades. Na segunda fase, foram visitadas mais de 4000 casas, nas quais foram levantados muitos aspectos que deverão, agora, ser trabalhados no dia a dia da paróquia. A semana missionária foi marcada pela alegria e pela esperança de renovação da fé e das estruturas, buscando corresponder ao grande apelo da conversão pastoral, tão acentuado na vida da Igreja, desde a conferência de Santo Domingo.  As celebrações, os encontros, as visitas trouxeram às nossas comunidades um novo vigor. Cada um dos missionários, com seu carisma, ajudou-nos a fomentar a consciência missionária e comunitária que deve animar nosso caminho. A celebração eucarística de encerramento foi presidida pelo Pe. Américo de Oliveira, C.Ss.R., superior provincial do Rio, Minas Gerais e Espírito Santo. Na pregação, Pe. Anderson Trevenzoli Assireu, C.Ss.R., falou de modo entusiasmado para que toda a paróquia, agora, se envolva em um único projeto de evangelização. É preciso somar esforços, superar diferenças, olhar todos na mesma direção, a construção do Reino de Deus. Ao final da celebração, Pe. Alfredo abençoou a cruz das missões, que foi instalada na parede da antiga capelinha de São Judas Tadeu. Após a missa, toda a comunidade partilhou um café de confraternização.


Agradecemos a acolhida de nosso pedido por parte dos missionários redentoristas, de modo especial, Pe. Alfredo, que, com tanto cuidado, acompanhou todo processo. Agradecemos ao empenho de todas as comunidades, de cada um daqueles que se comprometeram para que este momento de bênçãos fosse vivido entre nós. Que a Virgem do Perpétuo Socorro nos acompanhe nesta fase que  iniciamos agora, a fase da perseverança na missão. São Judas Tadeu, apóstolo inflamado de zelo e ardor, nos fortaleça na alegria de oferecer o Evangelho a todos. Que os nossos ouvidos e o nosso coração sejam os primeiros a se deixarem tocar pela alegria da Boa Nova de Jesus, que nos motiva à conversão. Que nossas comunidades ganhem novo vigor e possamos construir uma Igreja viva e missionária.

 

 

Por Padre Carlos Henrique Alves de Resende

Notícias Relacionadas

06 set 16
09 nov 16
16 out 17
06 nov 17

Parceiros