×

Paróquia Nossa Senhora da Piedade - Pará de Minas

Paróquias

Diocese de Divinópolis se fez presente na Assembleia de Pastoral do Regional Leste 2

sexta-feira, 16 de novembro de 18 às 07:55 | Atualizado às 08:00
Diocese de Divinópolis se fez presente na Assembleia de Pastoral do Regional Leste 2

O Conselho Episcopal de Pastoral do Regional Leste 2 (Minas Gerais e Espírito Santo), da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, realizou, nos dias 13 a 15 de novembro, em Belo Horizonte (MG), a Assembleia Regional de Pastoral.  Com o tema central  “Uma Igreja em saída frente aos desafios e esperanças do mundo urbano”.  A Assembleia contou com as presenças dos (arce)bispos, coordenadores diocesanos de pastoral, representantes dos prebíteros, coordenações de Pastoral, Movimentos e Organismos que atuam nas (arqui)dioceses do Leste 2. A Diocese de Divinópolis se fez presente através de seu bispo diocesano, Dom José Carlos; do Coordenador Diocesano de Pastoral, Padre Lúcio Camargos; e de Maria Inez, representante dos leigos da diocese. O casal Sônia e Binho, também, esteve presente representando a Pastoral Familiar do Regional Leste 2.

 

Encerrando a programação deste ano, o público presente pode se informar sobre a Campanha da Fraternidade para o ano de 2019. Esta campanha terá três verbos de ação: participar, redescobrir e educar. Eles serão colocados em prática com a participação da comunidade católica nos conselhos paritários nos diversos municípios, promover uma educação que tenha como prioridade o evangelho e a doutrina social da Igreja e a redescobrir as pastorais sociais. A palestra foi assessorada pelo Pe. Nelito Dornelas da Diocese de Governador Valadares e Pe. Patriky Batista da Diocese de Luz.

 

De acordo com o Pe. Patriky, o objetivo principal da campanha para o próximo ano é a sensibilização de toda comunidade católica sobre a importância e pertinência da elaboração de políticas públicas. “É a oportunidade ideal para o resgate das pastorais sociais e para colocar em pratica aquilo que a doutrina social da Igreja nos solicita”, afirma.

 

A história de como as políticas públicas surgiu e foi implantada na Igreja foi contada pelo Pe. Nelito Dornelas. Segundo o padre, quando falamos da Campanha da Fraternidade e de políticas públicas citamos uma experiência que a Igreja Católica acumula há dois séculos. “As pastorais sociais nasceram nos anos 70 provocada por um processo de desmonte do Brasil, e hoje são 26 pastorais sociais que ajudam e muito as políticas públicas”, esclarece. “Isso nos mostra que são três níveis que trabalham essa questão, sendo o estado, o mercado e a sociedade civil, por isso é relevante levar reflexões sobre a política pública para a comunidade”, completa Pe. Nelito. 

 

 

FOTOS: MARCUS TULLIUS

 

Notícias Relacionadas

06 abr 17
11 nov 17
07 abr 17
04 abr 16

Parceiros