×

Tríduo e Festa do Sagrado Coração de Jesus, na Comunidade de Novais, em Nova Serrana

sexta-feira, 10 de junho de 16 às 08:45 | Atualizado às 08:45
Tríduo e Festa do Sagrado Coração de Jesus, na Comunidade de Novais, em Nova Serrana

Vai acontecer, entre os dias 08 a 11 de maio, na Comunidade de Novais, em Nova Serrana, o Tríduo e a Festa do Sagrado Coração de Jesus. As celebrações do Tríduo irão acontecer sempre às 19h30. Já, no dia da Festa, a procissão começará às 19h, e, logo em seguida, será a celebração. A comunidade pertence à Paróquia de São Geraldo Magela.

 

A HISTÓRIA

 

A Igreja de Novais tem, aproximadamente, 130 anos. Antes de sua construção, não havia missas; o povo se reunia no Cruzeiro para rezar o terço e fazer novenas. Os que queriam participar de alguma missa iam para Nova Serrana, na época, Cercado.

 

O terreno para a construção da Igreja foi doado por Joaquim Ferreira que, junto com seus irmãos - José Ferreira e João Ferreira - e os vicentinos construíram a capela. A partir disso, começaram as celebrações da missa, mas sem datas marcadas, dependendo da possibilidade do padre, que na época se chamava Nonô.

 

Na comunidade, já havia escola; era um salãozinho onde, além das aulas, também se fazia as reuniões da conferência vicentina. A catequese era feita pelas próprias professoras: primeiro por Terezinha Fonseca e, depois, por sua irmã, Maria do Carmo Fonseca. Quem esteve mais tempo à frente da catequese foi Dona Lenir, por mais de 25 anos.

 

A comunidade, embora tenha o Sagrado Coração de Jesus como patrono, sempre comemorou a festa de São Geraldo. Até a criação da paróquia, era em Novais que os devotos iam pagar suas promessas e fazer seus pedidos. O início dessa devoção se deve a Marçal Moreira da Silva e seu filho, Ari. Até hoje, segue-se a tradição de festejar o santo redentorista em nossa capela.

 

Padre Nonô, Padre Carlos, Padre Libério, Padre Antônio Pontello e Padre Altamiro são alguns sacerdotes que passaram pela nossa comunidade. Com eles, começaram as primeiras festas, novenas, celebrações de Natal. Tudo girava em torno da Igreja.

 

Com a chegada de Padre Lauro, houve algumas mudanças: as missas começaram a ser mensais e oficializou-se a festa de São Geraldo. Mais tarde, com Padre Charley, as celebrações e festas passaram a ser da maneira que conhecemos hoje; organizou-se a estrutura da comunidade com as pastorais e o conselho. Outra mudança significativa se deu quanto ao entendimento de que o Patrono é o Sagrado Coração de Jesus: passou-se a celebrar a data sempre com um tríduo e uma grande festa com a presença de padres amigos e das comunidades.

 

Com o Padre Marcelo, além de continuar o que havia sido iniciado, passou-se a ter missas para os enfermos e no dia de Corpus Christi também.  E, neste ano, a maravilhosa visita dos missionários scalabrinianos em toda a paróquia.

Notícias Relacionadas

03 out 16
01 fev 17
16 abr 15
02 abr 15

Parceiros