×

Paróquia Diocese

Paróquias

Graça alcançada: Graça testemunhada!

domingo, 02 de março de 14 às 08:14 | Atualizado às 22:31
Graça alcançada: Graça testemunhada!

O dia 01 de março de 2013 ficará para sempre na memória do jovem casal paraminense, Vinicius Daniel Souza Mendonça e Bárbara Almeida Mendonça. Eles são pais dos gêmeos, Felipe Daniel Mendonça Silva e Gabriel Henrique Mendonça Silva.

 

Como qualquer casal que espera o primeiro filho, a alegria e expectativa deles eram enormes! O sentimento de alegria foi dobrado ao saber que teriam filhos gêmeos. Com a boa notícia a vida do casal se transformou completamente. Vieram as primeiras preocupações, com roupinhas, berço e o quartinho para os meninos. Ele trabalha uma empresa da região e ela parou de trabalhar fora, em vista da gravidez.

 

No dia 01 de março, enquanto acompanhava o marido num tratamento em Belo Horizonte, ela entrou em trabalho de parto com apenas seis meses e meio de gravidez. Ela que foi acompanhar o marido acabou ficando retida no Hospital para ter os filhos. Imenso foi o susto do casal, ao perceber a gravidade da situação: Os meninos nasceram ainda sem a formação completa dos órgãos, tiveram que enfrentar uma verdadeira luta pela vida. Bárbara só pode ter um dos filhos nos braços 70 dias após o nascimento. Vinícius, com apenas 23 anos, teve que manter a rotina no trabalho com a cabeça no hospital e o coração em Deus. - Nós, choramos todos os dias, afirmou o casal para nossa reportagem. Sem saber o que fazer, às vezes eu olhava para o céu e pedia que Deus me desse forças para aguentar o sofrimento. Preferia morrer em lugar dos filhos. Então sentia que Deus estava me ouvindo. Era como se umas chuvas de pequenas estrelas descessem do céu e viessem pousar sobre meu desespero. Aquilo me dava forças e me tranquilizava. Nunca abri mão de meus filhos e os abençoava todos os dias, disse Vinícius emocionado.


Com Bárbara não foi diferente: - Entravamos na UTI do hospital e não conseguíamos rezar. Então, a gente cantava músicas marianas, para que Nossa Senhora viesse proteger e salvar nossos filhos, afirmou. Os médicos me pediam para me despedir de meus filhos, mas eu não dava conta de fazer isso. Estava disposta a aceitar a vontade de Deus. Mas, queria muito levar os meus filhos para casa, nem que seja em cadeiras de rodas, completou.


Ontem, o casal celebrou o primeiro aniversário dos meninos na Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, em Pará de Minas. Contra todos os diagnósticos eles estão vivos e passam bem.

O depoimento do casal você poderá conferir abaixo:

 

Na segunda parte do vídeo, o casal fala do filhos gêmeos e de suas lutas pela vida:

 

Notícias Relacionadas

05 jun 15
31 mar 15
17 ago 15
03 out 16

Parceiros