×

Festa de São José Operário no bairro Moreiras, em Nova Serrana

quinta-feira, 30 de abril de 15 às 16:10 | Atualizado às 08:23
Festa de São José Operário no bairro Moreiras, em Nova Serrana

São José é o modelo ideal do operário. Sustentou sua família durante toda a vida com o trabalho de suas próprias mãos. Cumpriu sempre seus deveres para com a comunidade e ensinou ao Filho de Deus a profissão de carpinteiro. No dia 1º de maio de 1955, o Papa Pio XII instituiu a festa de "São José Trabalhador". Com este gesto a Igreja quis demonstrar que está ao lado dos mais oprimidos, dando-lhes como patrono o mais exemplar dos seres humanos: "SÃO JOSÉ"

Com alegria, a Comunidade São José de Moreiras e a  Paróquia São João Bosco convidam você, sua família e seus melhores amigos para participarem, ativamente, da Preparação e realização da festa dedicada a São José Operário.

 

Programação:


26 abril - Domingo
11h: Celebração presidida pelo Diácono Marcelo Geraldo de Oliveira 
 

27 abril - Segunda-feira
19h30: Santa Missa presidida pelo Padre Bento Mateus Borges 
 

 

28 abril - Terça-feira
19h30: Santa Missa presidida pelo Padre Marcelo Francisco da Silva 
 

29 abril - Quarta-feira
19h30: Santa Missa presidia pelo Padre Adão Carlos Teixeira 
 

 

30 abril - Quinta-feira
19h30: Santa Missa presidida pelo Padre Marcos Antônio Rocha 
 

 

1º Maio  - FESTA DE SÃO JOSÉ OPERÁRIO 
19h30: Santa Missa presidida pelo  Padre João Luiz Galvão


Logo após a Missa, teremos barraquinha, na quadra da Escola.

 

Oração de São Pio X a São José pelo trabalho


“Glorioso São José, modelo de todos os que se dedicam ao trabalho, obtende-me a graça de trabalhar com espírito de penitência para expiação de meus numerosos pecados; de trabalhar com consciência, pondo o culto do dever acima de minhas inclinações; de trabalhar com recolhimento e alegria, olhando como uma honra empregar e desenvolver pelo trabalho os dons recebidos de Deus; de trabalhar com ordem, paz, moderação e paciência, sem nunca recuar perante o cansaço e as dificuldades; de trabalhar, sobretudo com pureza de intenção e com desapego de mim mesmo, tendo sempre diante dos olhos a morte e a conta que deverei dar do tempo perdido, dos talentos inutilizados, do bem omitido e da vã complacência nos sucessos, tão funesta à obra de Deus! Tudo por Jesus, tudo por Maria, tudo à vossa imitação, ó Patriarca São José! Tal será a minha divisa na vida e na morte.  Amém”.

 

 

Notícias Relacionadas

15 fev 14
01 abr 15
14 mar 18
18 nov 15

Parceiros