×

Paróquia Diocese

Paróquias

Fapam promove debate sobre dengue e alunos mostram trabalhos acadêmicos

sexta-feira, 18 de março de 16 às 10:12 | Atualizado às 12:18
Fapam promove debate sobre dengue e alunos mostram trabalhos acadêmicos

Na noite de ontem (17) a Faculdade de Pará de Minas – FAPAM, promoveu um debate entre diversos profissionais com o tema: Dengue, uma questão de sanidade.  Participaram do debate os seguintes profissionais:

Domingos Leonardo Vieira, Professor da Fapam e Doutor em Ciências Biológicas;
Maria de Lourdes Liguori – Enfermeira e especialista em saúde pública;
Carlos H. Lázaro – Diretor de Vigilância em Saúde em Pará de Minas;
Ronilda da Silva Santos – Enfermeira e especialista em Saúde Pública;

 

O debate foi mediado pela bióloga e professora da Fapam, Deise Miola. Pe. Lúcio Camargo, Diretor  Espiritual da Confraria Nossa Sra. da Piedade, também foi convidado para abordar o tema da Campanha da Fraternidade de 2016. O Curso contou com a presença dos alunos e professores dos Cursos de Agronegócio, Enfermagem, Gestão da Tecnologia da Informação, além de outros convidados.

 

Pe. Lúcio Camargos tem sido uma presença positiva dentro da Instituição, embora admita que está apenas começando esse trabalho. Anunciou que a FAPAM irá contar, brevemente, com a presença de outro Sacerdote (Pe. Philippe R. Berger), que irá trabalhar como responsável pela Pastoral Universitária.

 


A Professora Deise Miola disse que devemos pensar o ser humano como uma espécie capaz de interferir, de forma negativa ou positiva, no desenvolvimento de outras espécies. Por isso, acredita no grande poder transformador da educação. Devemos repensar nossas atitudes e padrões de consumo para não interferirmos de forma impactante em outras espécies e gerar desequilíbrios prejudiciais a nós mesmos e à natureza.

 


Domingos Leonardo disse que devemos pensar as novas doenças de forma mais ampla. Algumas doenças que estão em evidência são antigas e estão no mundo inteiro. Hoje, num mundo globalizado, a multiplicação de uma epidemia acontece de forma muito rápida. A Dengue existe desde o Século XIX e estava concentrada apenas em alguns lugares. Mas, parece que o Estado “baixou a guarda” e não teve uma vigilância permanente nesse sentido. Por isso, o mosquito transmissor da Dengue está em todos os Estados da Federação.

 


Caio Martins, aluno do Curso de Gestão de Tecnologia da Informação, junto com sua equipe de estudos, realizou um mapeamento da Dengue em Pará de Minas. Usando as ferramentas da tecnologia, o trabalho de sua equipe permite visualizar a Cidade de Pará de Minas de forma panorâmica e perceber, portanto, onde é necessário maior vigilãncia com relação à proliferação da doença.

 

 

 

Geraldo Sérgio, Professor da Fapam e responsável pela organização do debate, avaliou, de forma muito positiva, o acontecimento. Segundo ele, esse trabalho combina perfeitamente com a filosofia da Fapam que se torna cada vez mais antenada com a Comunidade. Agradeceu  a todos pela presença e convidou os participantes para visitarem os trabalhos dos alunos.

 

Notícias Relacionadas

23 set 15
06 abr 17
16 dez 15
03 nov 15

Parceiros