×

Padre Francisco dos Anjos esteve presente na Proclamação Oficial do Jubileu da Misericórdia, em Roma

domingo, 12 de abril de 15 às 15:57 | Atualizado às 17:58
Padre Francisco dos Anjos esteve presente na Proclamação Oficial do Jubileu da Misericórdia, em Roma

O Papa Francisco presidiu, neste sábado, 11, a cerimônia solene para publicação da Bula de convocação do Jubileu da Misericórdia. Além de vários Cardeais, bispos, sacerdotes e leigos, o Padre Francisco dos Anjos, Pároco da Paróquia de Santo Antônio, em Igarapé, participou da celebração no exterior da Basílica Vaticana, diante da Porta Santa que foi, na ocasião, abençoada pelo Papa e será aberta no dia 8 de dezembro quando terá início o Ano da Misericórdia.

Padre Francisco está em peregrinação nos Lugares Santos, juntamente com alguns amigos de Igarapé.

 

A Bula de convocação do Jubileu Extraordinário da Misericórdia intitulada “vultus Misericordiae” (Rosto de Misericórdia) se compõe de 25 números. Nela, o Papa Francisco descreve as principais características da misericórdia, definindo o tema à luz do rosto de Cristo. “A misericórdia não é uma palavra abstrata, mas um rosto para reconhecer, contemplar e servir”, diz o Pontífice.

 

A abertura do Ano Santo coincide com os 50 anos da conclusão do Concílio Vaticano II, no dia 8 de dezembro. A conclusão terá lugar na Solenidade litúrgica de Jesus Cristo Rei do Universo, em 20 de novembro de 2016.

 

Uma particularidade deste Ano Santo é que não será celebrado só em Roma, mas em todas as dioceses do mundo. A Porta Santa será aberta pelo Papa na Basílica de São Pedro em 8 de dezembro e, no domingo seguinte, em todas as Igrejas do mundo.

 

A Bula também explica alguns aspectos importantes do Jubileu: o primeiro é o lema “Misericordiosos como o Pai”, a continuação do sentido da peregrinação e sobretudo a necessidade do perdão.

 

O tema particular que interessa ao Papa se encontra no número 15: as obras de misericórdia espirituais e corporais. Segundo o Papa, elas devem redescobrir-se “para despertar nossa consciência, muitas vezes adormecida frente ao drama da pobreza, e para entrar, ainda mais, no coração do Evangelho, onde os pobres são os privilegiados da misericórdia divina”.

 

Uma novidade neste Ano Santo faz relação com a Quaresma, durante a qual serão enviados, a diversas partes do mundo, os “Missionários da Misericórdia”. Iniciativa com a qual o Papa quer ressaltar de forma mais concreta seu cuidado pastoral.

 

No vídeo, abaixo, gravado pelo Leandro, da cidade de Igarapé, mostra o exato momento em que o Papa Francisco chega para a proclamação:

 

 

 

Notícias Relacionadas

26 mar 15
10 abr 14
03 jun 16
24 out 19

Parceiros