×

Festa de Reinado, em Perdigão, mantém viva a cultura, fé e devoção

quinta-feira, 03 de agosto de 17 às 01:37 | Atualizado às 15:54
Festa de Reinado, em Perdigão, mantém  viva a cultura, fé e devoção

Os dias 29,  30 e 31 de julho foram de fé, tradição e renovação em Perdigão. A Capela do Rosário foi pintada e toda enfeitada. Pelas ruas, diversos grupos de congadas desfilaram com fardas coloridas e pandeiros enfeitados. Os sons das sanfonas e caixas davam tom e ritmo aos cantos e danças dos congadeiros que celebravam a ‘Festa de Reinado’.

 

O evento reúne milhares de pessoas todos os anos e mantém viva a cultura, o folclore e a devoção aos santos padroeiros da festa: Nossa Senhora do Rosário, São Benedito e Santa Efigênia.


No sábado, já com os primeiros raios de sol, o batuque dos tambores anunciava o início do desfile da festa centenária. Às 16h, devotos e guardas participaram da procissão, que saiu da Capela do Rosário até a Igreja Matriz. 


No domingo, uma alvorada deu abertura às ativiidades. As guardas visitaram as casas dos festeiros e, em desfile, seguiram para a Capela do Rosário, onde,às 14h, houve a ‘Junção das Coroas’ e, às 15h, a Celebração Eucarística, com a presença de todas as congadas. Em seguida, teve a procissão, em direção à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Saúde.


Já, na segunda-feira, às 16h, todos os festeiros, juntamente com todas as guardas, saíram em procissão da Igreja Matriz, sentido à Capela do Rosário, onde foi celebrada a Missa Campal pelo padre Amarildo José de Melo, natural de Araújos e pároco em São Joaquim de Bicas. Após cantos, celebrações, homenagens e a descida das bandeiras, a festa de congo, foi encerrada com uma queima de fogos.


Rita Ramos da Silva (55) é devota fervorosa e já perdeu a conta de quantas vezes foi festeira. Segundo ela, após três abortos, fez promessa para engravidar e realizou o sonho de ser mãe. “Depois de que tive os abortos e a constatação dos médicos da necessidade de um cirurgia, eu fiz promessa para Nossa Senhora. Hoje tenho meus três, filhos que são meus tesouros; o que tenho de mais valioso na vida. Minha família é toda devota”, disse a dona de casa.


Geraldo Machado de Oliveira, presidente da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário, comentou que a festa foi tranquila e que a entidade trabalha para que seja melhor a cada ano. “Agradecemos a todos os colaboradores que nos ajudaram na realização do Reinado. É uma festa muito bonita que, além de renovar a fé das pessoas, oferece também alegria e diversão”, relatou o presidente.


De acordo com a Irmandade, a festa católica que nasceu nas senzalas e tem Chico Rei como o mais importante rei congo, reuniu, este ano, cerca de 950 dançantes, divididos em 22 guardas, 5 locais e 16 visitantes.

 

Por Eduardo Canedo

Notícias Relacionadas

22 mar 14
01 dez 17
16 jul 18
02 out 14

Parceiros