×

Paróquia Catedral Divino Espírito Santo

Paróquias

Abertura do Ano Jubilar e Inauguração do Memorial Paroquial na Catedral

quinta-feira, 14 de janeiro de 16 às 17:28 | Atualizado às 11:14
Abertura do Ano Jubilar e Inauguração do Memorial Paroquial na Catedral

Na noite da última quarta-feira, dia 13 de janeiro, na  Catedral, o bispo diocesano  e o pároco, Padre Geraldo Maia, concelebraram  a Santa Missa Solene  de abertura do Ano Jubilar e inauguração do Memorial Paroquial.



No dia  13 de janeiro de 1767, a arquidiocese de Mariana criou a Comunidade Divino Espírito Santo e São Francisco de Paula. Este acontecimento marcou  o nascimento do que se tornaria, mais tarde, a Paróquia e, posteriormente, a sede da Diocese de Divinópolis. Portanto, em 2017, comemora-se 250 anos da Igreja Católica nas terras do Divino.



Em sua homilia, dom José Carlos destacou a importância  dos 250 anos dos primeiros sinais de vida cristã  católica, institucionalizada, na cidade.   Enfatizou  o percurso da igreja Católica no cuidado zeloso com a vida humana, com a vida orante e com a dimensão missionária da fé. Concluiu pedindo a Deus, que ao longo desse Ano Jubilar, possamos continuar essa bela história, sendo mais incisivos, mais resistentes, mais convictos, mais generosos, mais atentos, mais missionários, mais orantes, mais cuidadores da vida, para garantir a presença cristã entre nós. Ou seja, fazer historia e contar a historia da Igreja Católica .



Após a Santa Missa, houve a inauguração do Memorial Paroquial. O Memorial está instalado na antiga casa paroquial da Catedral e foi idealizado pelo paroquiano e historiador  Giulianno Vilano, ajuda e consentimento do padre Geraldo Maia e apoio do bispo dom José Carlos.



Voltado para a preservação e propagação de informações históricas, o Memorial é composto de dados, documentos, fotos, paramentos liturgicos, peças, objetos de culto, mobiliário e imagens relativas à paróquia. O acervo está divido em seis salas, de acordo com as principais festas da Catedral.



Na primeira sala estão expostas peças do tempo quaresmal; na segunda sala, objetos sobre a comemoração dos Passos de Jesus;  na terceira, sobre o Tríduo Pascal; na quarta, sobre a Festa de Pentecostes; na quinta, comporta as festas de Corpus Christi, Sagrado Coração e Cristo Rei.  A  última sala é destinada à Festa do Natal, com o presépio.



O curador do Memorial, Giulianno Vilano, informou que as visitas devem ser agendadas na secretaria paroquial, sendo que elas ocorrerão nas segundas-feiras, de 8 as 10h.

 

 

Por Maria Teresa Fernandes Lopes

Notícias Relacionadas

14 out 18
02 dez 15
30 dez 15
14 mai 20

Parceiros