×

Milhares de pessoas festejaram a padroeira de Pará de Minas

terça-feira, 16 de setembro de 14 às 20:34 | Atualizado às 15:33
Milhares de pessoas festejaram a padroeira de Pará de Minas

A semana, em Pará de Minas, começou com muita festa e fé. Isso porque a população celebrou, ontem, o dia da padroeira do município, Nossa Senhora da Piedade.

No Santuário dedicado a ela, bem no centro da cidade, a movimentação começou bem cedo, com a primeira missa às 7h da manhã.

Logo em seguida, as orações seguiram no Cemitério Santo Antônio, onde o paraminense Padre Lúcio Camargos presidiu uma celebração especial, comemorativa aos 58 anos da Confraria Nossa Senhora da Piedade.

 

Durante a missa foram lembrados todos os benfeitores da entidade que já faleceram, inclusive o fundador, Cônego Gabriel Hugo da Costa Bittencourt, o conhecido Padre Hugo.

Segundo Padre Lúcio, um momento forte de oração e compromisso com a fé.

 

 

O Presidente da Confraria, José Cornélio de Oliveira, também esteve presente e lembrou a importância da comemoração:

 

Ao meio dia, os sinos da tradicional matriz dobraram em honra à Nossa Senhora, enquanto os fiéis rezaram, fervorosos, a oração do Ângelus. Mas o ponto alto desse dia 15 de setembro foi mesmo a missa da noite. Milhares de fieis lotaram o Santuário e não economizaram nas homenagens, pedidos e agradecimentos pelas graças recebidas:

 

A Missa foi presidida pelo administrador paroquial do Santuário, Padre Moacir Arantes, e concelebrada pelos sacerdotes visitantes, Monsenhor Paulo Pereira, Padre Charley Marcelino, Padre José Reis e Padre Edvaldo Damascento que, inclusive, foi apresentado à comunidade como novo vigário paroquial.

Ele conversou com a nossa reportagem e falou sobre a alegria de chegar a Pará de Minas, depois de mais de 9 anos à frente da Paróquia de Santana, em Onça de Pitangui.

 

Com uma história de vida bem ligada a Pará de Minas, Padre Charley se emocionou ao participar, pela primeira vez, da Festa da Padroeira da Cidade.

 

Após a missa, os fiéis seguiram, em procissão, junto à imagem de Nossa Senhora, pelas ruas centrais da cidade. Quem se encarregou de entoar hinos e dobrados durante todo o trajeto foi a Banda Lira Santa Cecília. Segundo o maestro Fernando Stringhetta, a festa da padroeira é parte essencial do calendário da banda:

 

Por volta das 21h30, a procissão retornou ao Santuário, onde foi realizada uma oração final para queimar os pedidos de oração de todos os fiéis, que mais uma vez cantaram e fizeram suas preces à padroeira. Padre Moacir ficou fez um balanço da novena e festa de Nossa Senhora da Piedade e destacou a fé e a participação do povo de Pará de Minas, que mantém sua boa fama de povo piedoso e orante.

Notícias Relacionadas

18 mai 18
14 set 17
15 set 15
01 fev 17

Parceiros