×

Capela de Nossa Senhora das Graças

quinta-feira, 16 de janeiro de 14 às 13:47 | Atualizado às 10:53
Capela de Nossa Senhora das Graças

Capela de Nossa Senhora das Graças

Formiguinha

 

 

Embora esteja dentro da área do município de Cláudio, criada em 1911 e relativamente próxima de sua Sede, a comunidade de Formiguinha pertencia ao Curato de Gonçalves Ferreira, mas era atendida pelo vigário de Cláudio até o ano de 1947.

 

Com a criação da Paróquia de Nossa Senhora do Desterro, de Lamonier, tendo esta um vigário nomeado, Dom Cabral decidiu estender a jurisdição da nova paróquia até as comunidade pertencentes a Gonçalves Ferreira, incluindo São Bento e Formiguinha, devido a inúmeros requerimento de Padre Manuel, uma vez era mais acessível aos moradores destas localidades buscarem o atendimento espiritual com o pároco Cláudio.

 

Contudo, Dom Cabral negou o pedido, alegando que o vigário de Lamounier dependeria da inclusão das duas comunidades para garantir sua sobrevivência, já que os rendimentos das demais comunidades era muito pequeno.

 

Isso permaneceu até Dom Cristiano, bispo de Divinópolis, através do Decreto nº 16, de 19 de junho de 1961, estabeleceu que os limites da Paróquia de Nossa Senhora das Conceição, de Cláudio, seriam os mesmo da cidade.

 

Em 1951, o Sr. Vicente Ribeiro doou um terreno para a construção da capela, mas em 1962, por determinação de Dom Cristiano,a área foi vendida ao prefeito municipal, sr. Levi Vitoi de Freitas, onde foi construído um Grupo Escolar, e ao Sr. Antônio Delfino Santos, que doou uma pequena área onde foi finalmente contruída a capela.

 

A padroeira foi escolhida por sugestão de Padre Joãozinho, de Itapecerica, e sua imagem foi adquirida graças a doações da comunidade e transferida da capela particular para o local da nova capela, no dia 31 de maio de 1949, pela Sra. Alvina Martins Santos, com a autorização de Padre Manuel. Possui, também, como co-padroeiro, o Sagrado Coração de Jesus, e sua imagem foi adquirida pelas crianças do grupo escolar, com dinheiro de doações que conseguiram angariar.

 

A obra da capela iniciou-se em 1949 e foi concluída em 1956, com a colaboração de todos os moradores, em especial da Sra. Alvina Martins. Desde sua conclusão, já foram feitas três reformas até os dias  atuais.

Notícias Relacionadas

10 mai 13
25 set 14
25 jun 13
21 jan 14

Parceiros