×

Capela de Nossa Senhora do Rosário

segunda-feira, 19 de agosto de 13 às 14:32 | Atualizado às 14:39
Capela de Nossa Senhora do Rosário

Capela de Nossa Senhora do Rosário

Cachoeira do Barro Preto

 

 

Nossa comunidade teve como início a saída de Chisto  Ferreira de Oliveira da Bahia, vindo parar em Minas Gerais, muito sábio, comprou um pequeno terreno, construiu uma casa e casou-se com uma mineira que era desta região. Criou vários filhos, um dia tendo a idéia, com um deles, construíram um Cruzeiro e iniciaram as festas de reinado.

 


Após a morte de Chisto Ferreira, seu filho Alcino Ferreira de Oliveira continuou  fazendo as festa de reinado. Após sua morte Sebastiana Maria de Oliveira tomou para si a missão de seu esposo por algum tempo. Nessa mesma época Sebastião Borges ajudava Sebastiana a fazer as festas de reinado.Um dos filhos de Sebastiana e Alcino teve a idéia de construir uma pequena igreja. A igreja foi construída por Onofre Ferreira de Oliveira, que contou com a ajuda de todos da comunidade, para que seu sonho se realizasse. Em outubro de 1960 terminou a construção da Capela. Para inaugura-la e celebrar a primeira missa, foi convidado o Pe. Augusto, da cidade de São Francisco de Paula. Depois Pe. Alberto, da cidade de Camacho. Como padroeira foi colocada N. Sra. Do Rosário, porque já celebrava a festa de Reinado em seu louvor. Onofre mesmo era o dirigente, fazia as festas, terços e novenas...

 


Várias pessoas unidas ajudavam na igreja. Após a morte de Onofre, José Ferreira Rosa comprou o terreno e assumiu o cargo de responsabilidade da festa, juntamente com Manuel Ferreira de Oliveira e Altino Egídio, faziam as festas de Reinado.

 


O dirigente da comunidade neste período era: Antônio Geraldo de Oliveira. Um dia, após uma forte chuva, que derrubou uma parte da igreja, em vez de reforma-la, Antônio teve a idéia de construir uma igreja maior, juntamente com toda a comunidade e que abrigasse todos, pois a antiga era pequena e as missas eram celebradas do lado de fora.

 


Em 1997 foi concluída a igreja nova, tendo com tamanho nove metros de comprimento por seis de largura. Todos ficaram encantados com a nova igreja. Muito contentes, buscaram na canção uma inspiração para a comunidade. Para isso contavam com Antônio Coelho que tocava violão e teclado e na voz de Maria dos Reis, Eva Maria, Elizabete, Glaciele, Tatiana, Elenilda; Adneia e Elisângela.  Nesse dia a igreja foi abençoada com a celebração da Missa, presidida por Pe. Valmir da Paróquia de Itapecerica. Continuou tendo cursos, novenas, terços e missas e a festa de reinado. Depois com o falecimento de Antônio em 2000, nossa igreja ficou abalada por um tempo, pois acima de tudo, ele era a vida da igreja. Depois nossa igreja se restabeleceu, algum tempo passado, João Carlos assumiu por alguns tempos, continuando com as tradições já existentes.  Em 2006 João Carlos abandona o cargo e como dirigente assume Fernando Lopes Arantes. Os padres que passaram por nossa comunidade: Pe. Augusto; Alberto; Valmir; Edílson; Ailson; Pedro e Betinho, entre outros.

 


Quem celebravam os cursos eram Valmir, Antônio, José Ferreira, João, Elenilda e Tatiane. Tudo foi passando de geração para geração.

Notícias Relacionadas

07 mai 13
16 jan 14
05 jun 14
21 mai 13

Parceiros