×

Capela Nossa Senhora da Conceição

terça-feira, 25 de junho de 13 às 10:59 | Atualizado às
Capela Nossa Senhora da Conceição

Capela Nossa Senhora da Conceição

Comunidade Colônia

 

Por volta do ano de 1923, a Fazenda Restiga foi vendia para o governo do Estado de Minas Gerais, e posteriormente dividida em lotes, em média de 03, 04 e 05 alqueires cada lote. Lotes esses, que foram vendidos aos migrantes: alemães, espanhóis, japoneses e outros, sendo a maioria alemães. O terreno teve o pagamento facilitado em longo prazo. O total da área somou cerca de 34 lotes.
No ano de 1946 a professora da época, Dona Maria dos Santos Penedo (Dano Cota),  teve a iniciativa de construir uma capela. O terreno foi doado pelo senhor José  Venâncio, proprietário do lote de número 18. Com a ajuda dos moradores da Capela foi construída. Dona Cota doou uma pequena imagem de Nossa Senhora da Conceição, tornando assim a Virgem da Conceição padroeira da Comunidade de Colônia, algum tempo depois a imagem foi substituída por uma outra maior, que foi doada por Dona Maria Francisca. Essa é atual Imagem da Capela.

 


Segundo o Sr. João Lopes, hoje com 78 anos, seu casamento foi celebrado nesta Capela no ano de 1959. Ele fala também sobre os movimentos que havia na Capela na época. De acordo com o Sr. João Lopes havia Missa, festas de Maria e a festa da Padroeira, além de ter nos domingos a reunião dos Vicentinos. As Missas eram celebradas pelo Padre da cidade de Pequi.

 


Em 1976, o Padre André passou a ser o assistente da Capela Nossa Senhora da Conceição. Tomando conhecimento da Comunidade o Padre percebeu que a sede da fazenda do Estado, uma párea de aproximadamente 20 lotes, estava abandonada, foi ai que despertou-lhe o interesse  em construir ali uma outra Capela. O local fica a 2000 metros da primeira Capela, sentido a Pará  de Minas. Pe. André, juntamente com o Sr. João Rodrigues Lemos, antigo morador de colônia, com muitos esforços, conseguiram o terreno. Foram até o governador do Estado, que na época era Rondom Pacheco. Este doou o terreno, feito publicado no Diário Oficial. A decisão do governador era a seguinte: que o terreno fosse vendido, tomando o cuidado de reservar um local para a construção da Capela.O dinheiro arrecadado com a venda do terreno foi destinado e aplicado na construção da nova Capela. No prazo de 05 anos a Capela deveria ser construída, caso contrário, o terreno voltaria a pertencer ao Estado. O terreno foi dividido em chácaras de 5000 metros quadrados e vendidos. Cumprindo o acordo feito com o Estado, assim foi construída a Capela Nossa Senhora da Conceição de Colônia.

 


A antiga capela foi demolida e as imagens transferidas para a nova Capela, isso trouxe revoltas por parte dos moradores antigos e que moravam próximo a antiga capela.

 


No ano de 1982, os primeiros ministros da Palavra foram: Sr. Francisco Teixeira de Oliveira Sobrinho, Sr. João Fernandes de Oliveira e Sr. João Teixeira Flores. O Sr. Francisco Teixeira de Oliveira Sobrinho foi, no ano de 1982, o primeiro Ministro Extraordinário da Comunhão Eucaristia da  Comunidade de Colônia.

Parceiros