×

Capela de Nossa Senhora Aparecida

sexta-feira, 04 de julho de 14 às 09:30 | Atualizado às 16:33
Capela de Nossa Senhora Aparecida

Capela de Nossa Senhora Aparecida

Gamas

 

 

Entre os anos de 1980 – 1986, quando tudo era ainda floresta, vivia aqui uma família, cujo chefe era Martinho Valeriano dos Santos, conhecido como Martinho Gamas.
A segunda família foi a de Miguel Caetano Veríssimo, um fazendeiro abastado. Comprou aqui uma vasta fazenda, a qual deu o nome de “Fazenda de Gamas”. Contratou muitas pessoas para a lavoura e demais serviços na fazenda. Assim, foram chegando outras famílias. Nesta época, esta pequena comunidade pertencia à Paróquia de São Gonçalo do Pará, cujo pároco, Pe. Sebastião Gontijo, vinha de vez em quando à fazenda para atender às confissões e celebrar a missa.
O Sr. Miguel Antônio Veríssimo, ergueu, em sua fazenda, um cruzeiro onde as famílias da região celebravam o mês de maio, rezando o terço de Nossa Senhora.
O cruzeiro ainda existe na praça, perto da capela da comunidade, terreno doado pela finada Geralda Flauzina de Jesus, neta do Sr. Miguel.
Em fevereiro de 1961, o Pe. Altamiro de Faria, pároco de Nova Serrana, celebrou a santa Missa na residência do Sr. Sebastião Moreira e, na oportunidade, convocou uma reunião com a comunidade depois da missa. Propôs a organização de uma comissão para construir um salão na comunidade, para celebrar o culto e a catequese das crianças.
A comunidade, muito entusiasmada, organizou as rezas no cruzeiro, aos sábados e domingos, e ofereciam leilões, donativos para a construção do sonhado salão.
No dia 29 de agosto de 1962, Pe. Altamiro benzeu o salão e celebrou a Santa Missa. Nomeou os primeiros dirigentes de culto: Valdomiro Maria dos Santos, Antônio Filho e José Moreira Filho.
Em 23 de maio de 1963, festa da Ascenção do Senhor, foi fundada a primeira Conferência Vicentina em Gamas, por Frei Anselmo e José da Silva de Almeida, vice-presidente do Conselho Particular de São Sebastião de Nova Serrana.
Em 02 de abril de 1965, passou-se ao lado da comunidade a BR 262.
Em 1968, de comum acordo com Frei Anselmo, deu-se início à construção de uma capela mais ampla.
Em 1º de abril de 1971, foi dada a bênção à nova capela, pelo Revmo. Frei Ambrósio, deixando aí a presença do Santíssimo Sacramento.
Em maio de 1975, fundou-se o Conselho Comunitário.
Em 1º de maio de 1984, foi fundada a Conferência Feminina.
 

Notícias Relacionadas

25 jun 13
17 set 14
19 ago 13
26 ago 14

Parceiros