×

Capela de Santa Edwiges

quarta-feira, 21 de agosto de 13 às 14:53 | Atualizado às 14:55
Capela de Santa Edwiges

Capela de Santa Edwiges

Bairro Santa Edwiges

 

 


Em 1991 foi fundada a 1ª Associação dom o objetivo de sanar as diversas dificuldades existentes no mesmo.

 


O 1º. presidente foi o Sr. Iris Paulino Severino, mas o grupo de oração Divina Providência já existia, tendo porém os mesmo participantes que faziam um trabalho engrandecedor, tanto material quando espiritualmente, este grupo era composto por pessoas de excelentes índoles e que aqui residiam.

 


Estas pessoas tinham verdadeira adoração por Santa Edwiges e por causa de graças alcançadas que elas obterem suas casas próprias, houve um aglomerado de pessoas que lutavam para construírem  suas casas e com isto começou a sentirem necessidades de ajudas alimentares para as crianças que nem escolas tinha.

 


Em reunião optaram por fazer uma cantina, que a principio fornecia uma refeição diária o que era de grande valia.

 


O primeiro nome a ser escolhido pelo Grupo de Oração e associação foi, Cantina da Criança Santa Edwiges, situado em um terreno cedido por um morador chamado Sr. Nelson Francisco Dutra, sendo feito uma coberta com telha de amianto em situação precária, mas que aconchegava mais de 150 crianças nas refeições e diversas pessoas de Grupo de Oração Divina Providência que tinham muita fé em Deus e depois em Santa Edwiges.

 


Com a ajuda do Patrono da associação Frei Edvaldo e pároco da Igreja São Francisco que muito ajudava na Cantina da Criança houve um pedido de grupo para que celebrasse uma missa pelo menos uma vez por mês, com o objetivo de unir as pessoas na fé.

 


O mesmo que não media conseqüências e esforços, atendeu ao pedido e quanto pudesse celebrava uma missa, mas exigia que houvesse um Culto Dominical celebrado pelos ministros: Dª. Maria Antônia, Dª. Conceição, Sr. Lázaro, Sr. João Evangelista e o Sr. José Benevide que com muito amor e respeito buscava as hóstias Consagradas para que houvesse o culto.

 


Com a Fé em Deus e a prosperidade de Culto houve a oportunidade da construção da tão querida Igreja Santa Edwiges.

 


Por volta do ano de 1993, os membros da Associação do bairro juntamente com Frei Edvaldo e com a ajuda do vereador Francisco de Assis Viana que intercederam ao Prefeito Silésio Mendonça, um terreno para a construção da Igreja e o mesmo se prontificou a doar.

 


Depois do terreno legalizado, imediatamente iniciou-se a construção; levantando o alicerce houve uma manifestação dos moradores através de votos para a escolha do nome da Igreja. Obtendo mais de 70 votos ficou declarado o nome, Santa Edwiges e em segundo lugar Soa Judas Tadeu, tão fervoroso santo. E Frei Edvaldo na inauguração da mesma fez questão de nos surpreender com as imagens dos respectivos santos.

 


Depois de uma determinado tempo São Judas Tadeu também ganhou sua própria Igreja no bairro João Paulo II, também construída pelo saudoso Frei Edvaldo.

 


O bairro Santa Edwiges era então chamado Recanto da Lagoa III, somente no dia 13 de junho de 1995 em projeto de lei Nº. 3.188, ficou denominado bairro Santa Edwiges, o conjunto  habitacional.
O local onde era celebrado o culto era preparado com muita dedicação pelos representantes do Grupo de Oração, principalmente pelo Sr. José Francisco de Oliveira, já falecido.

 

 

Notícias Relacionadas

27 jun 13
06 ago 14
24 abr 13
10 mai 13

Parceiros