×

Capela de Nossa Senhora das Graças

terça-feira, 14 de maio de 13 às 13:53 | Atualizado às
Capela de Nossa Senhora das Graças

Capela de Nossa Senhora das Graças

Lamounier

 

A fé dos primeiros moradores de Lamounier, era manifestada à sombra de um cruzeiro, fincado onde é, atualmente a Igreja. Lá as pessoas se reuniam em orações. O início da Igreja da construção de Lamounier, se deu em 1913, graças ao empenho dos moradores do pequeno povoado. A conclusão da construção da pequena capela em honra de Nossa Senhora das Dores foi em 1918, quando já se contava com a participação de Dona Maria Garbocci


Dona Maria Garbocci de origem italiana, aqui se revelou grande líder comunitária, destacando-se principalmente pelo zelo às coisas de Deus, dedicando-se principalmente às coisas da Igreja.
No início da década de 1940, por ocasião da visita pastoral, Dona Maria teve a ousadia de pedir ao senhor Bispo, Dom Antônio dos Santos Cabral, um padre para Lamounier.
Ele, talvez, diante da total impossibilidade, disse a ela que se conseguisse uma “ bolsa” que garantisse a manutenção de um seminarista, e, se construísse uma Casa Paroquial, ele lhe mandaria um padre.


Ela se empenhou e juntamente com os moradores do povoado construíram a Casa Paroquial, que foi concluída em 1946.
Sem alternativa o Sr. Bispo criou a Paróquia de Nossa Senhora das Dores, de Lamounier, nomeando Vigário, o Padre João Ribeiro da Cruz, que assumiu a Paróquia no começo do ano seguinte.
A Igreja era pequena, menos da metade do tamanho atual.


Padre João permaneceu na Paróquia até o final do ano de 1949, sendo sucedido pelo Padre Carlos Pinto da Fonseca.
Os fiéis tiveram certa dificuldade em aceitar a saída do Padre e perceberam o risco iminente da Paróquia nossa Senhora das Dores sofrer um retrocesso e voltar a ser Capela, o que se confirmou posteriormente.


Em 1950, o Padre Carlos Pinto da Fonseca, tomou a iniciativa de aumentar o espaço físico da igreja, deixando-a como é atualmente. Ele se desgastou, conclamou a comunidade à união de ideais  e esforços  e finalmente viu seu projeto concluído em 1952.


Na década de 1960, a Paróquia foi extinta voltando à categoria de Capela.


Os fiéis tiveram muita dificuldade em aceitar a presença do leigo frente às celebrações; foi um período muito difícil até conseguir maior freqüência à Igreja. Foi um trabalho lento e exaustivo, mas recompensado, pois, hoje não existe mais essa dificuldade, todos aceitam de forma tranqüila e consciente o laicato na comunidade.A população católica de Lamounier é bastante expressiva e marca a presença nas celebrações e atividades da Igreja. Existem grupos organizados de pastorais e movimentos, ministros da eucaristia, bem como catequese infantil e crismal, além do movimento de Conferências Vicentinas, ambos os sexos, que se empenha no atendimento aos mais carentes. A Comunidade de Lamounier pertence à Paróquia de São Bento do Itapecerica, ( que no dia 15 de fevereiro, deste ano de 2007, completa 250 anos), Diocese de Divinópolis, MG, cujo Bispo Diocesano, neste ano jubilar de 250 anos é Sua Excelência Reverendíssima Dom José Belvino do Nascimento , que na simplicidade e santidade que lhe são peculiares, conduz esta parcela do povo de Deus com firmeza e docilidade. Excelente pregador da palavra de Deus; sua fala é simples, compreensível, a todos cativa com a naturalidade que lhe é própria. Atualmente contamos com a assistência do reverendíssimo Padre Pedro Gondim Ferreira, que não mede esforços para proporcionar o de melhor, aos fiéis. Sacerdote zeloso e dedicado, sempre em perfeita comunhão com o nosso bispo, está sempre muito presente em nosso meio e quando solicitado corresponde às nossa expectativas, acompanhando com o carinho de pastor incansável todas as pessoas que o senhor lhe confiou.

Notícias Relacionadas

13 jun 13
05 set 14
29 jan 14
15 mai 14

Parceiros