×

Capela de Santa Inês

sexta-feira, 08 de agosto de 14 às 16:22 | Atualizado às
Capela de Santa Inês

Capela de Santa Inês

Vila Sinhô

 

 

A Capela de Santa Inês foi idealizada pelo Cônego Gabriel Hugo da Costa Bittencourt, na época, Pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade.
Inicialmente, o Prefeito Municipal José Porfírio de Oliveira doou um terreno, cujo título de propriedade foi entregue, solenemente, na sede da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade. A elaboração do projeto arquitetônico coube ao desenhista José Moreira Mendonça, e o engenheiro civil Dr. Flávio Lúcio Mendonça Vilaça assinou-o.  As primeiras providências para a construção da Capela foram: cercar o lote com muro em que se colocou um portão, e provê-lo de instalações elétrica e hidráulica. Ergueu-se um Cruzeiro no local onde seria a Capela. Esse Cruzeiro veio do Bairro Nossa Senhora de Fátima e, antes, já era venerado numa região de pastagens de um dos proprietários desse bairro, o Sr. Júlio de Melo (Lito). A partir daí, a Comunidade começou a se reunir, nesse local, para celebrar o “Dia de Santa Cruz”, 3 de maio, com a reza do terço.
Atendendo ao objetivo da Prefeitura de instalar, lá, a sede de uma obra social, a Comunidade promoveu barraquinhas beneficentes e construiu, com os recursos obtidos, um salão, no fundo do lote. Nele foi entronizada, em pedestal de mármore, a imagem de Santa Inês, doada por Cônego Hugo, e colocado também um altar. Santa Inês é uma virgem mártir, conhecida também como Santa Agnes, cujo nome provém do latim “agnus” (cordeiro). Ela é bastante milagrosa. Por sua firmeza na fé em Deus é venerada pro muitos devotos. Anualmente o Pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Piedade comemora, na Capela provisória, o dia de Santa Inês, 21 de janeiro, com Celebração Eucarística, reunindo, com entusiasmo, toda a Comunidade. A Capela realiza-se a Novena da Sagrada Face, nas terças feiras, às 15 horas, no ano inteiro, portanto, reverencia-se Cristo. Há Também nela reuniões de grupos de oração, de jovens.
A Capela definitiva projetada, ainda não foi construída, pois com o afastamento de Cônego Hugo, por motivo de doença e, posteriormente, seu falecimento, os planos não se concretizaram.
Este patrimônio sempre foi bem cuidado, desde a entrega do título.
As primeiras zeladoras foram às legionárias Ana de Souza e Ana Amaral dos Santos, e, hoje, são as senhoras Luíza Maria de Jesus Fernandes e Celina Alves Cunha. O Bairro Vila Sinhô, onde se localiza a Capela provisória, esta em franco desenvolvimento com a abertura de novas ruas, pavimentação asfáltica, construções de residências e do prédio do Fórum da Justiça do Trabalho, em frente à futura Capela de Santa Inês, a qual, com as proteções dessa Santa e de Deus, em algum tempo, se erguerá da fé, do reconhecimento, dá devoção dos que a louvam e atêm como a magnífica protetora que, em sua aparição a seus pais, não se apresentou só, pois segurava um Cordeiro branco, o símbolo do Redentor: sinal de que é muito querida de Cristo!

 

 

 

Notícias Relacionadas

04 jul 14
23 mai 14
21 ago 13
23 mai 14

Parceiros