×

Matriz de Santo Antônio

terça-feira, 07 de maio de 13 às 17:50 | Atualizado às
Matriz de Santo Antônio

A Igreja – A construção iniciou-se na segunda metade do século XVIII, tendo finalizada em 1790, como registra a data inscrita em seu frontispício.
Segundo a historiadora Maria do Carmo Alvarenga Gomes Dodoy, do IEPHA, diferentes fontes históricas dão notícia de que no local em que si encontra a Matriz, o Padre Francisco Fernandes de Almeida, ou João Francisco da Silva, teria construído uma pequena capela, com recurso próprios, por volta de 1748. O Bispo D. Frei de José da Santíssima Trindade, que visitou a Capela em 1822, registrou: “... este padre tem sido o protetor da Capella, e com o seu dinheiro, e deligência fez a Capella toda de novo, e de pedra com bom adro...”

 

ORNAMENTAÇÃO: Os elementos artísticos que compõem a ornamentação interna do monumento, foram executadas em diferentes épocas, ao longo do século XIX e mesmo no século XX. Nos relatórios de uma visita pastoral de 1822, cita-se três altares decentemente preparados. Acredita-se que somente o altar mor, em estilo rococó, tenha sido inteiramente concluído nesta época, compondo um conjunto harmonioso como forro da capela-mor, cuja pintura em perspectiva, embora primitivista, sugere uma aproximação de estilo e cronologia com o altar-mor. Os demais trabalhos ornamentais foram sendo executados gradativamente, devido à falta de recursos da própria Comunidade. Os dois altares, já preparados desde a segunda década do século XIX, receberam tratamento em talha e pintura em épocas diferentes, podendo-se afirmar, por análise estilística, que o altar lateral direito é o mais antigo. Esta constatação é assegurada por um relatório de 1851,onde o pároco da Matriz aponta a necessidade de conclusão das suas obras.

Notícias Relacionadas

11 jun 14
23 abr 13
15 jul 13
15 jul 13

Parceiros