×

Conteúdo

Presidente do Consea /MG fala para o Clero de Divinópolis

terça-feira, 21 de outubro de 14 às 21:53

Na manhã de hoje, (21/10), Dom Mauro Morelli, Presidente do  Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais – CONSEA /MG, visitou Dom José Carlos e falou para o Clero durante sua reunião mensal. Dom Mauro é Bispo Emérito de Duque de Caxias. Desde 1993 começou com o trabalho de combate à fome e a desnutrição com cerca de 40 mil crianças, na Baixada Fluminense, RJ. Isso fez com que ele fosse convidado para trabalhar no Comitê de Nutrição da Organização das Nações Unidas – ONU. Hoje ele é um Agente Público, não remunerado, e presta um grande serviço ao Estado de Minas Gerais.  Desde 1993, ele é um articulador entre a família, a sociedade e o governo. Por onde passa gosta de visitar as universidades, prefeituras, igrejas, no sentido de buscar apoio e parceria para resolver o problema da desnutrição e da miséria. Ele acredita que, com boa formação e organização, os agricultores podem fornecer verduras, frutas e outros itens de alimentação para as escolas e outras entidades públicas do próprio município. Esse trabalho, na verdade, já existe, e vem crescendo. Em 2012, o Estado só adquiriu 06% da alimentação advinda desse processo.  Hoje já adquire 20%.
O Consea, atualmente, está presente em 25 regiões do Estado de Minas. Em cada região existe um conselheiro que é eleito e depois é nomeado pelo governador.  Sua visita ao Clero de Divinópolis é no sentido de buscar parceria e tornar conhecido esse trabalho, que poderá ajudar muito ao homem do campo.

 

Ao longo de sua vida, Dom Mauro Morelli destacou-se pelo combate à miséria e a fome e pela luta pela ética e cidadania.  Foi um dos fundadores do Movimento pela Ética na Política e,  Juntamente  com Herbert José de Sousa – Betinho, fortaleceu a luta de combate à fome. Foi presidente do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional-CONSEA durante o governo Itamar Franco, de 1993 a 1994, além de presidente do CONSEA- MG e CONSEA-SP. Ele, portanto, tem vasta experiência nessa questão.  A articulação da família com o governo e sociedade exige uma disposição de todos. Dom Mauro é otimista e pretende ver novos parceiros para resolver o problema da desnutrição. No tempo certo e com boas parcerias a agricultura familiar pode crescer muito em nosso meio.

 

Dom Mauro já trabalha como Agente Público há muitos anos. Por isso, sabe que a troca de governo, não pode mudar o rumo das coisas. Afinal, a questão da nutrição e da fome deve estar acima de partidos e ideologias. O Consea de Minas Gerais tem um trabalho grande e serve, inclusive, de modelo para outros estados. Ao final da entrevista, ele elogiou o trabalho de Dom José Carlos e disse que pelo fato de ele ser do clero local isso facilitará muito sua atuação. Dom José ficou de convidar alguns sacerdotes, de origem rural, para compor a equipe que irá trabalhar com o Consea/MG.

 

 

Confira o vídeo da entrevista: 

 

 

Texto: Padre Gabriel

Vídeo: Júlio Ferreira

Notícias Relacionadas

28 ago 13
25 mar 16
30 dez 14
03 nov 15

Parceiros