×

Conteúdo

Paróquias de Divinópolis visitam seminaristas em Mariana

quinta-feira, 04 de dezembro de 14 às 13:42

No dia 23 de novembro, Solenidade de Cristo Rei, o Seminário de Mariana recebeu um grupo de 47 pessoas vindo das paróquias de Nossa Senhora das Dores e São Vicente de Paulo, ambas de Divinópolis. Vieram pessoas de todas as idades, desde as crianças, com seus 5 anos, e outros, com os seus mais de 80 anos. A visita foi organizada pelo casal de catequistas de adultos Diene Moura e Vicente Moura, da paróquia de Nossa Senhora das Dores, e tinha por objetivo conhecer o Seminário e a história desta cidade. O Seminário é responsável pela formação dos futuros padres. Atualmente, o Seminário São, José da Diocese de Divinópolis, conta com três casas de formação: comunidade do Propedêutico, em Itaúna; comunidade da Filosofia, em Mariana; e comunidade da Teologia (BH) e a partir deste ano, também a comunidade da Filosofia, em Belo Horizonte.

O grupo teve que levantar cedo para aproveitar bem o passeio, saindo de Divinópolis às 05h30 e chegando ao Seminário por volta das 09h30. Após o lanche, foi celebrada uma missa na capela do próprio Seminário, presidida pelo Padre José Vicente Guedes, da Arquidiocese de Mariana. Na homilia, o Padre destacou a importância de estarmos preparados para a nossa Páscoa. A celebração foi animada pelos próprios visitantes. Em seguida, diante da imagem de Nossa Senhora de Fátima, no jardim do Seminário, o seminarista Felipe descreveu sobre o ritmo da casa, sobre os estudos, sobre as atividades pastorais e comunitárias. Também foi dada oportunidade para que se esclarecessem dúvidas e curiosidades sobre o Seminário e sobre os seminaristas. Vários mitos foram eliminados. Como ninguém é de ferro, ao meio-dia o almoço foi servido.

Apesar da chuva, o grupo não desanimou em conhecer o centro de Mariana. Encantaram a todos os enfeites natalinos e o presépio montado em frente à Catedral. Em seguida, conhecemos a história da Catedral de Nossa Senhora da Assunção. No ano passado, a Arquidiocese comemorou os 300 anos do início de sua construção. Esta igreja demorou mais de 50 anos até que fosse concluída. Atualmente, o Pároco é o Cônego Nedson Pereira de Assis, o qual, gentilmente, permitiu a entrada do grupo nas igrejas de Mariana sem que fosse necessária a taxa de entrada. O guia contou a história de cada detalhe do interior da igreja. Chamou a atenção de todos os vários altares. Segundo a história, as famílias ricas eram responsáveis por um altar e tinham o seu próprio pároco.

Outro momento marcante foi a visita à cripta, locam onde se encontram sepultados boa parte dos Bispos de Mariana. Chamou a atenção a vida de Dom Luciano Pedro Mendes de Almeida. Este Bispo não media esforços para ser presença nas comunidades mais simples e era sempre atencioso com todos os que iam ao seu encontro, tanto o rico quanto o pobre. Em agosto deste ano, deu-se início ao processo de Beatificação e Canonização deste Servo de Deus. Por fim, conhecemos o Santuário de Nossa Senhora do Carmo, que foi reformado devido a um incêndio, em 1999, conservando alguns detalhes e outros foram modificados.

De volta ao Seminário, ao cair da tarde, o grupo encerrou a visita com uma foto nas escadarias do jardim. Apesar do cansaço, todos ficaram felizes pelo dia que tiveram. Cleusa Maria declarou: “Foi um passeio muito proveitoso, de muita paz”. Para a organizadora do passeio, Diene Moura: “Perdeu quem não veio, estava tudo de bom. O Seminário, sim, é um paraíso. Prometemos voltar ano que vem.” Agradecemos aos Formadores da Arquidiocese de Mariana pela oportunidade que foi dada para que se conhecesse o Seminário e a vida dos seminaristas.

 

 

Felipe Hector de Oliveira
Seminarista Diocese de Divinópolis

Fotos

Notícias Relacionadas

05 jun 14
10 nov 15
19 set 19
02 jun 15

Parceiros