×

Conteúdo

Novas Comunidades e Renovação Carismática Católica celebraram o Jubileu de Diamante da Diocese de Divinópolis

segunda-feira, 18 de fevereiro de 19 às 10:21

Aconteceu, neste último final de semana, 16 e 17 de fevereiro, na Comunidade Sacramento de Amor, a celebração do Jubileu de Diamante da Diocese de Divinópolis com as Renovação Carismática Católica (RCC) e com as Novas Comunidades presentes na diocese. Também foi celebrado o Jubileu de Ouro da RCC.

 

Com palestras dos pioneiros da RCC no Brasil, Reinaldo Bezerra e Tatá Coutinho, o encontrou reuniu uma multidão de pessoas, vindas de várias cidades da Diocese de Divinópolis. Dom José Carlos esteve presente no evento durante todo o domingo e presidiu a Eucaristia no final da manhã.

 

Um momento marcante no evento foi uma homenagem feita para todos os coordenadores diocesanos que a RCC já teve desde a sua fundação.

 

No Brasil, a Renovação Carismática teve origem na cidade de Campinas-SP, no ano de 1967, através dos padres Haroldo Joseph Rahm e Eduardo Dougherty. Os rumos que a Renovação Carismática tomou a partir de Campinas foram diversos, expandindo-se, rapidamente, pela maioria dos estados brasileiros.

 

Em Divinópolis, a RCC teve início no ano de 1970. Quem conta um pouco dessa história é o segundo coordenador diocesano da RCC,  na diocese de Divinópolis, Tony Gontijo:

 

 

NOVAS COMUNIDADES

 

Em cada época, o Espírito Santo de Deus suscita, no seio da sua Igreja, novos carismas e novos ministérios para o crescimento, o fortalecimento e o serviço do Seu povo, pois, em cada período, a evangelização tem seus desafios.

 

No IV Congresso Mundial dos Movimentos Eclesiais e das Novas Comunidades, em Roma, 1998, o saudoso Papa João Paulo II compreendeu esses Movimentos e Comunidades como “uma resposta providencial, suscitada pelo Espírito Santo para estes dramáticos desafios atuais”. O Sumo Pontífice entendeu que os apelos do Concílio Vaticano II (1962-1965) sobre a necessidade de um novo sopro do Espírito Santo, um novo ardor missionário, um novo empenho e envolvimento dos leigos e clérigos na vida e missão da Igreja foram respondidos com o surgimento desses novos carismas. “Vós sois esta resposta providencial”, afirma ele.

 

Nas Novas Comunidades se agregam diferentes estados de vida, vivendo, conjuntamente, dentro das mesmas estruturas, sendo um só e mesmo carisma (leigos e leigas celibatários e casados ou com estados de vida em definição, também, diáconos e padres). As Novas Comunidades “respondem à necessidade de uma nova evangelização, com um novo ardor missionário, novos métodos e novas expressões, visando os diversos ambientes da sociedade, os católicos e não católicos. Suas manifestações são múltiplas com riqueza de doutrina e impostação pastoral. Trata-se de uma incrível onda de criatividade pastoral; caminhos novos para o anúncio da Boa Nova do Reino de Deus. É o método de evangelização do nosso tempo”, declara Dom Alberto Taveira Corrêa.

 

Atualmente, na Diocese de Divinópolis, contamos com a presença de 6 Novas Comunidades. São elas, Aliança de Misericórdia, Amar e Servir, Caminho Novo, Dom, Sacramento de Amor e Missão Maria de Nazaré.

 

 

JUBILEU DE DIAMENTE.

 

O próximo evento do Jubileu de Diamante da Diocese de Divinópolis será no dia 15 de março, quando iremos celebrar os 60 anos da Confraria de Nossa Senhora da Piedade e os 50 anos da Faculdade de Pará de Minas (FAPAM). Clique aqui e confira a programação completa do Jubileu.

 

 

POR TÚLIO VELOSO

Notícias Relacionadas

20 nov 18
20 set 18
03 abr 19
04 jun 18

Parceiros