×

Conteúdo

Lançado o Projeto da Cruz de Todos os Povos, em Divinópolis

terça-feira, 25 de outubro de 16 às 09:45

Aconteceu, na noite desta segunda-feira, 24 de outubro, no Centro Diocesano de Pastoral, o Coquetel de Lançamento do Projeto da Cruz de Todos os Povos. Estiveram presentes no evento dezenas de pessoas, de diversos setores da sociedade. O coquetel de lançamento foi aberto com a apresentação do Projeto Fazendo Arte. As crianças que são assistidas pelo projeto fizeram uma apresentação musical para os presentes.

 

A mesa de apresentação do projeto foi composta pelo bispo diocesano, Dom José Carlos; pelo Presidente da Associação Terra de Deus, o francês Jesus Juste Ibanez; pela libanesa Rita Ibanez, representante da Associação Terra de Deus; pelo engenheiro mecânico José Geraldo da Silva Lucas, responsável pelo projeto, em Divinópolis; e pelo arquiteto Marco Túlio.

 

A Associação Terra de Deus é reponsável pelo projeto da construção da Cruz de Todos os Povos. A cidade de Divinópolis foi escolhida para ser construida a terceira cruz. A construção será realizada no morro da Gurita, no distrito de Santo Antônio dos Campos. A primeira cruz foi construida no Líbano. O término da construção de sua estrutura aconteceu no dia 16 de julho de 2010, e a sua inauguração, no dia 14 de setembro do mesmo ano. O lançamento da Pedra Fundamental da Cruz do México se deu no dia 16 de julho de 2011, e a inauguração aconteceu no dia 21 de dezembro de 2012. Uma curiosidade importante a ressaltar é que o término da construção da Cruz do Líbano e o lançamento da Pedra Fundamental da Cruz do México foram, coincidentemente, realizados no dia de Nossa Senhora do Carmo.

 

Dom José Carlos, bispo de Divinópolis, em seu pronunciamento, contou um pouco da história da Cruz, em Divinópolis; ouça: 

 

 

O arquiteto responsável pelo Projeto, em Divinópolis, Marco Túlio, também se pronunciou, durante o Coquetel de Lançamento, sobre a construção da cruz; ouça:

 

 

A Cruz de Todos os Povos, do Líbano, é a primeira maior cruz luminosa do mundo. Em tom de humor, o engenheiro José Geraldo disse que quer construir a de Divinópolis 1 centímetro a mais do que as outras duas, para que, de fato, a que será construída no Morro da Gurita seja a maior do mundo: 

 

 

 

Jesus Juste, com a ajuda de um intérprete, também se pronunciou e contou um pouco da história da Associação Terra de Deus e do Projeto da Cruz de Todos os Povos; ouça: 

 

 

 

No vídeo, abaixo, você pode conferir a apresentação de como será a Cruz de Todos os Povos no Morro do Gurita; assista: 

 

 

 

Ao final da apresentação do projeto, uma maquete da Cruz de Todos os Povos foi exposta no salão de eventos do Centro Diocesano de Pastoral.

 

 

CRUZ DE TODOS OS POVOS

 

A Cruz foi construída primeiro no Líbano. Foi edificada em homenagem a Deus Pai. A primeira maior Cruz Luminosa do mundo. Sua construção na Terra Santa objetiva a unidade do Povo de Deus. Essa é a espiritualidade da Cruz.

 

Na Terra Santa, onde há a luta histórica entre árabes, cristãos e muçulmanos, pode parecer impossível a construção de uma cruz como essa. Contudo, a cruz foi aceita por todos esses povos: as três religioões monoteístas se uniram pela cruz em 2010, concluída no dia 16 de julho, dia de Nossa Senhora do Carmo.

 

Um ano depois, também no dia 16 de julho, iniciaram-se as articulações para a construção da segunda Cruz de Todos os Povos, no México, construída na cidade de Mérida, capital do estado de Lucatã, onde, também, foi construída a primeira Catedral de Todas as Américas - Catedral de Cristo da Unidade. A Cruz de Todos os Povos, no México, foi concluída no dia 21 de dezembro de 2012 e homenageou a Deus Filho.

 

São vários os sinais que acompanham a história da Cruz de Todos os Povos. No Brasil, o divinopolitano José Geraldo, a partir de um primeiro contato com a Associação Terra de Deus, cogitando a possibilidade de implantação do projeto na cidade, recebeu uma primeira confirmação. A terceira Cruz, para completar a Santíssima Trindade, homenagearia a Deus Espírito Santo, nome que acompanha a cidade do Divino desde que se tornou o "Arraial do Divino Espírito Santo do Itapecerica", chamando-se, posteriormente, Divinópolis.

 

Num momento não menos oportuno, sob a inspiração e proteção materna de Maria, a Cruz de Todos os Povos, edificada para homenagear o Espírito Santo, concluirá sua construção em 2017, ano em que ocorrerão três importantes datas comemorativas, no Brasil:  Centenário de Nossa Senhora de Fátima, 300 anos de Nossa Senhora Aparecida e os 250 anos de Nossa Senhora da Piedade, em Minas Gerais.

 

 

POR TÚLIO VELOSO

 

 

Notícias Relacionadas

13 jun 17
18 ago 18
10 ago 18
29 out 13

Parceiros