×

Conteúdo

Diocese de Divinópolis promove Primeiro Encontro com os Vocacionados ao Ministério Diaconal Permanente

segunda-feira, 10 de julho de 17 às 08:29

Aconteceu, na manhã deste sábado, 08 de junho, no Centro Diocesano de Pastoral, em Divinópolis, o Primeiro Encontro com os Vocacionados ao Ministério Diaconal Permanente da Diocese de Divinópolis.

 

Neste primeiro encontro, que reuniu 35 candidatos, vindos de várias cidades que compõem a Diocese, foi feita uma apresentação inicial do Diaconato Permanente.


O encontro começou com uma apresentação de todos os candidatos. Em seguida, Padre Carlos Henrique falou do modelo bíblico do Diaconato.

 

Após a fala do Padre Carlos, Dom José Carlos tomou a palavra e falou da proposta da Diocese para o exercício desse ministério. Dom José destacou que na Diocese de Divinópolis o diácono excercerá o ministério da Diaconia Ambiental, ou seja, em setores específicos da sociedade, onde a Igreja deveria estar mais presente, como por exemplo, nos presídios, universidades, etc. Ouça: 


 

Quem falou da proposta de formação para o Diaconato Permanente na Diocese de Divinópolis foi o Padre José Raimundo Bechelaine. A formaçãos será de 4 anos e os candidatos farão um curso de Teologia:

 

 

Padre José Raimundo, que é membro da Comissão Diocesana para o Diaconato Permanente, destacou também a importância do ministério do Diaconato Permamente na Diocese: 

 

 

Logo após a apresentação da proposta de formação, Padre Daniel Leão apresentou como será o processo vocacional.


Ao final, foi aberto um espaço de 30 minutos para que os Vocacionados fizessem perguntas referente ao Diaconato.

 

 

DIACONATO PERMANENTE 

 

O ministério eclesiástico, que é o ministério dos homens dedicados ao serviço de Deus, compreende três diferentes graus do sacramento da ordem sacerdotal: os bispos, os sacerdotes e os diáconos. Dois destes graus participam ministerialmente do sacerdócio de Cristo: a ordem episcopal, correspondente aos bispos, e a ordem do presbiterado, correspondente aos padres.


A ordem do diaconato, segundo o Catecismo da Igreja Católica (n. 1554), destina-se a ajudar e a servir os bispos e presbíteros. Por isso, o termo "sacerdote" designa os bispos e presbíteros, mas não os diáconos.


Diakonia é a palavra grega que define a função dos diáconos. Esta palavra significa serviço, e é de tanta importância para a Igreja, que se confere por um ato sacramental chamado "ordenação", ou seja, pelo sacramento da Ordem.


Desde o Concílio Vaticano II, a Igreja latina restabeleceu o diaconato como um grau particular dentro da hierarquia, enquanto as Igrejas do Oriente sempre o mantiveram assim.

 

Dessa forma, os homens casados que se dedicam a ajudar a Igreja, por meio da vida litúrgica, pastoral ou nas obras sociais e caritativas podem se fortalecer recebendo a ordem do diaconato, unindo-se mais intimamente ao altar, para cumprir seu ministério com maior eficácia, por meio da graça sacramental do diaconato.

 

No site do Vaticano você pode se informar mais sobre o Diaconato Permanente. CLIQUE AQUI e leia as normas fundamentais para a formação dos diáconos permanentes.

 

 

POR TÚLIO VELOSO

Notícias Relacionadas

08 jan 15
01 out 19
18 mar 16
28 mar 16

Parceiros