×

Conteúdo

Conselho Metropolitano de Divinópolis, da Sociedade de São Vicente de Paulo, tem Lúcia Maria como nova presidente

quarta-feira, 18 de novembro de 15 às 01:00

Ser Vicentino é realizar o serviço caritativo ao próximo necessitado, ou seja, a medida de nosso amor. A Conferência “Nossa Senhora da Guia”, fundada em 1964, a nossa primeira Conferência Feminina em Cláudio, completou 51 anos.


A Segunda Conferência “Nossa Senhora da Paz”, instalada em 23 de Novembro de 1967, completará 48 anos. Ressalto e parabenizo pelo trabalho e dedicação de duas consócias autênticas desde a fundação destas conferências: Iara Marques e Emily Jorge Flores, Iara ainda em atividade e Emily, afastada por motivo de saúde.


Você pode cultivar a sabedoria da caridade e da partilha, executando atividades humildes e trabalhos anônimos para colher os frutos da felicidade.


Engrandecendo a Sociedade de “São Vicente de Paulo”,  Lúcia Maria Pereira, a primeira Mulher a assumir o cargo de Presidente do Conselho Central de Cláudio, tem realizado o seu trabalho, com dignidade e esmero. Convidada para representar Cláudio fazendo parte do Conselho Metropolitano de Divinópolis, Lúcia Maria Pereira tomou posse, juntamente com Nova diretoria, gestão 15/10/2015 a 14/10/2019; sendo a primeira mulher a ocupar tão grande Obra.



 

Vicentinas em Ação


É preciso ressaltar o trabalho da mulher inserida na Sociedade de São Vicente de Paulo, tendo como exemplo Maria Santíssima. São abnegadas voluntárias, pois a fé cristã exige amor ao próximo e quem ama faz como Deus quer.


1964 - Nasceu, em Cláudio, Minas Gerais, a primeira Conferência Vicentina Feminina no Brasil, por iniciativa do Confrade Hamilton Gregório de Souza e sua esposa Dulce Couto Fonseca de Souza. Conferência Vicentina “Nossa Senhora da Guia”. Na época, nosso Bispo Diocesano, Dom Cristiano Portela de Araújo Pena, decidiu dar oportunidade às Senhoras de se ingressarem na Sociedade São Vicente de Paulo, como Vicentinas.


Como o número de consócias se tornou muito grande, houve a necessidade do desdobramento da mesma e, em 1967, foi instalada a Segunda Conferência Feminina, no dia 23 de novembro, a Conferência “Nossa Senhora da Paz”.


Também, em 1967, no Estado de Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, foi fundada a Terceira Conferência Feminina no Brasil.


“A pessoa cheia de Deus multiplica seus talentos e é feliz.”

 

 

Papel da Mulher como Igreja


Maria Santíssima, um exemplo para as mulheres de todas as épocas. A mulher altruísta e fervorosa tem consciência de que algum tipo de luz brilha no seu interior e esta deve ser a razão porque integra a um Clube de serviço ou a uma Associação Religiosa. A mulher constrói uma grande muralha contra o mal: a oração silenciosa e suas boas obras. Neste fim de milênio, agradecemos a Deus pelo Dom da vida, pela graça de servir, de festejar, pela alegria de viver, pela vivência religiosa e pela graça de amar a Deus e ao próximo. É um marco na história de Cláudio, a presença e o trabalho das Vicentinas.

 

 


Ídia Gregório de Araújo - Consócia da Conferência “Nossa Senhora da Paz”

Notícias Relacionadas

12 abr 17
24 ago 14
19 mai 19
03 set 13

Parceiros