×

Conteúdo

Conheça o pregador do Retiro do Clero 2015 da Diocese de Divinópolis

quinta-feira, 27 de agosto de 15 às 09:00

O Retiro do Clero da Diocese de Divinópolis que aconteceu em Cachoeira do Campo, nas proximidades da Cidade histórica de Ouro Preto. Nesse ano de 2015, o retiro anual do clero passou por algumas modificações. Deixou de acontecer em Belo Horizonte e mudou o eixo de discussão, adotando uma pedagogia inaciana (inspirada em Santo Inácio de Loyola). Sendo assim, o pregador oferece algumas pistas inspiradas nos exercícios espirituais de Santo Inácio e os padres constroem, individualmente, um caminho de reflexão. A maior parte do tempo os padres permanecem em silêncio e só conversam um pouco durante o almoço e o jantar. Em um dos intervalos do retiro, Pe. Aldair Custódio – Representante dos Presbíteros, conversou com Pe. Miguel Martins, o Pregador do mesmo. Na conversa, ele fala sobre a atualidade do pensamento de Santo Inácio e de sua paixão por Minas Gerais. Confessou seu gosto pela literatura e afirmou ser admirador dos escritores mineiros, inclusive de Adélia Prado, escritora de Divinópolis.

 

Pe. Miguel de Oliveira Martins Filho sj, nasceu no dia 01 de janeiro de 1960, na Cidade Paulistana, no Piauí.  Entrou na Companhia de Jesus em 1982 e foi ordenado presbítero em  08.01.1994. É formado em  Letras pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), cursou Filosofia pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE), em Belo Horizonte, MG. Sua formação teológica também aconteceu na FAJE, em Belo Hte. Atualmente faz parte da Equipe de Formação do Centro Internacional de Formação (CIF) Santo Inácio de Loyola, onde desempenha a função de Acompanhante Espiritual dos Estudantes de Teologia.

 

Confira, abaixo, a entrevista:

 

 

Na segunda parte da entrevista, Pe. Miguel falou sobre a importância de Dom Helder, um “Santo” poeta, que teve um apostolado extremamente fecundo por onde passou e ainda, hoje, continua a iluminar a vida da Igreja. A simplicidade e o profetismo de Dom Helder eram virtudes notáveis. Mas, além de tudo isso, era também um grande poeta. A linguagem poética é a melhor linguagem para aproximar as pessoas de Deus.

 

 

Por Pe. Gabriel

Notícias Relacionadas

22 jul 16
19 abr 16
02 fev 14
14 jun 17

Parceiros