×

Conteúdo

Comunidades Eclesiais de Base preparam-se para 13º Intereclesial

segunda-feira, 06 de janeiro de 14 às 13:24

De 07 a 11 de janeiro de 2014, a cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará, receberá o 13º Intereclesial de Comunidades Eclesiais de Base. Com o tema "Justiça e Profecia a serviço da vida” e lema “CEBs: Romeiras do Reino no Campo e na Cidade”, o encontro acolherá em torno de 4 mil pessoas no Cariri cearense, representando suas comunidades em todo o Brasil.

 

 

O que é o Intereclesial?

 


O Intereclesial é o encontro de celebração e avaliação da caminhada das CEBs. Reúnem representantes das dioceses do Brasil, outros países e de outras igrejas. Além de partilhar a vida, as experiências e as reflexões das CEBs, o Intereclesial é memória viva da caminhada da Igreja, revela com mais clareza a situação de sofrimento e resistência de nossos povos e expressa a biodiversidade de nosso planeta Terra.

 

O coordenador do 13º Intereclesial, padre Vileci Basílio Vidal, recorda que “a Igreja latino-americana, inspirando-se no Concílio Vaticano II (1962-1965) e na Conferência de Medellín (1968), partiu, decididamente, para a formação de CEBs. Foram e continuam sendo um grande valor para as pessoas, para a Igreja e para a sociedade. Seus membros amadurecem na fé, aprendem juntos a viver a espiritualidade do seguimento de Jesus dentro da realidade em que vivem”.

 

A conferência de Aparecida valorizou as CEBs como “expressão visível da opção preferencial pelos pobres; elas são fonte e semente de variados serviços e ministérios a favor da vida na sociedade e na Igreja” (DA 179).

Nessa perspectiva, “a proposta da organização das CEBs em rede de comunidades dá mais espaço aos leigos e oferecem uma melhor presença eclesial no território; esse processo se dá pela organização das famílias em grupos de reflexão bíblica, celebração litúrgica e serviços missionário ou pastoral”, complementa padre Vileci.

 

 

Programação

 

A programação se insere no contexto do "Ver”, "Julgar” e "Agir”, mostrando que ao conjugar estes verbos as CEBs também estão preparadas para fazer uma avaliação dessa caminhada e uma análise crítica e frutífera dessa memória histórica.

 

Na programação haverá visitas às paróquias e comunidades; testemunhos de luta, desafios e esperança, momentos de celebrações, além de oficinas e plenárias que contarão com a participação de assessores/as nacionais.

 

 

 

Faz parte ainda da programação uma Feira de Economia Solidária e Comércio Justo, tudo em consonância com modelos sustentáveis que provam que é possível se movimentar fora da lógica capitalista.

 

Já foram realizados doze Intereclesiais:

 

1º- 1975, Vitoria/ES - Uma Igreja que nasce do Povo pelo Espírito de Deus.

2º- 1976, Vitoria/ES - Igreja, Povo que caminha

3º-1978, João Pessoa/PB - Igreja, Povo que se liberta.

4º-1981, Itaici/SP - Igreja, Povo oprimido que se organiza para a libertação.

5º-1983, Canindé/CE - Igreja, Povo Unido, semente de uma nova sociedade.

6º-1986, Trindade/GO - CEBs, Povo de Deus em busca da Terra Prometida.

7º-1989, Duque de Caxia/RJ - CEBs, Povo de Deus na América Latina a caminho da libertação.

8º-1992, Santa Maria/RS - CEBs, Povo de Deus renascendo das culturas oprimidas.

9º-1996, S. Luís/MA - CEBs, Vida e Esperança nas massas.

10º-2000, Ilhéus/BA - CEBs, Povo de Deus, 2000 anos de caminhada.

11º-2005, Ipatinga/MG - CEBs, espiritualidade libertadora: Seguir Jesus no compromisso com os excluídos.

12º-2009, Porto Velho/RO - CEBs: Ecologia e Missão: “Do ventre da terra, o grito que vem da Amazônia!”

13º-2014, Juazeiro do Norte/CE – Justiça e Profecia a serviço da vida: CEBs, romeiras do reino no campo e na cidade.

Notícias Relacionadas

25 jul 15
17 ago 17
16 jun 17
22 mar 18

Parceiros