×

Conteúdo

Catedral: 100 anos de via-sacra

sexta-feira, 03 de março de 17 às 21:46

A primeira sexta-feira da Quaresma, 3 de março, foi esperada com muita ansiedade pelos fieis que, tradicionalmente, participam do exercício da  Via-Sacra na área externa da Catedral.



Essa prática de oração é mantida, na Matriz do Divino Espírito Santo, há pelo menos cem anos. O historiador e curador do Memorial Paroquial, Giuliano Vilano, apresentou vários documentos confirmando, a Via-Sacra, como recurso para compartilhar a devoção à Paixão.



Essa prática piedosa permite  que os fiéis percorram, mentalmente, a caminhada de Jesus a carregar a Cruz, desde o Tribunal  de Pilatos até o monte Calvário, meditando, simultaneamente, na Paixão de Cristo.



É um caminho de oração dividido em 14 Estações e representado com imagens correspondentes aos momentos particulares que Jesus sofreu pela salvação da humanidade.



Essa maneira de meditar e recordar os sofrimentos de Jesus, aliados aos sofrimentos do Coração desolado de  Maria, tocam, profundamente, os fiéis e provocam abundantes frutos de santidade, piedade e fé, assim como progressos nos jejuns e penitências.



Continuando essa bela tradição, fiéis da Catedral seguem rezando a Via-Sacra, toda sexta-feira da Quaresma.

 

POR MARIA TERESA FERNANDES

Notícias Relacionadas

25 nov 19
06 jan 14
18 mar 16
08 jul 15

Parceiros