×

Conteúdo

Arcebispo Militar visita quartel, em Pará de Minas

quinta-feira, 17 de agosto de 17 às 10:20

Na manhã de ontem(16/8), a 19ª Companhia da Polícia Militar, sediada em Pará de Minas, recebeu, pela primeira vez, Dom Fernando Guimarães, Arcebispo da Arquidiocese Militar do Brasil. Dom Fernando foi, calorosamente, recebido pelo Tenente Coronel, Paulo da Costa Júnior. Ele veio acompanhado de Pe. Sebastião Fernandes, responsável pela Paróquia Militar Santa Efigênia, da Cidade de Bom Despacho. O arcebispo também visitou os batalhões de Divinópolis (clique aqui e veja a notícia).


Dom Fernando disse que sua visita se assemelha às visitas pastorais que os Bispos Diocesanos fazem às suas dioceses. A diferença acontece em razão da grande extensão territorial da Arquidiocese Militar, o que torna essa visita um pouco mais difícil. Sua presença visa animar os sacerdotes e mesmo os militares leigos. A falta de padres nas unidades militares acontece por diversos motivos. Cada estado tem sua legislação e, de maneira geral, os estados estão passando por dificuldades financeiras. Isso dificulta a abertura de concursos para ocupação das vagas. Em Minas Gerais, quase todos os capelães trabalham como voluntários, embora já estejam aposentados. O Arcebispo está dialogando com as autoridades para solucionar o problema da falta de capelães.


Tenente Costa Júnior afirmou que a visita do Arcebispo valorizou  a 19ª Companhia. Disse que os militares passam por momentos de muitas tensões e, por isso, o apoio espiritual é tão importante para a equipe.  Agradeceu ao Arcebispo e também ao Pe. Sebastião por essa visita.


Pe. Sebastião Fernandes é capitão de polícia e é também o responsável pela criação da primeira paróquia de policia militar do Brasil. Trata-se da Paróquia Santa Ifigênia, com sede no 7º BPM de Bom Despacho. A Paróquia tem um período de implantação de 2016 a 2018. Suas atividades são de natureza litúrgica, formativa e assistencial. Em 2007, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais suspendeu a contratação de Sacerdotes para as Capelanias Militares. Desde essa ocasião, ele sonhou com a criação da Paróquia Militar. Isso garantiu a assistência religiosa de alguma maneira. A Paróquia é auto-sustentável e apenas o salário do Capelão fica sob a responsabilidade do Estado. Pe. Sebastião já está na reserva, embora continue trabalhando por idealismo e dedicação aos militares. O padre é um rosto diferente no meio policial, segundo afirmou o capelão. Ele representa paz, compreensão e apoio.


A Polícia Militar de Pará de Minas, está de parabéns pela visita ilustre e pela boa acolhida aos visitantes.

 


 

 

 

Por Padre Gabriel

Fotos: Refael Cézar

Notícias Relacionadas

21 jan 16
18 ago 17
09 jul 18
16 jan 19

Parceiros