×

Histórico da Paróquia de São João Bosco - Nova Serrana

A comunidade iniciou-se com a reza do terço e novenas nas casas. Depois começaram as celebrações presididas pelo nosso primeiro dirigente de culto. A catequese, segunda iniciativa da comunidade, teve seu início em um barracão emprestado. Em seguida, construímos um pequeno salão para onde transferimos a catequese e as celebrações da Palavra de Deus.
O terreno da Igreja que temos hoje foi-nos doado pelo Prefeito de então, Sr. José Maria da Fonseca. E Pe. Lauro, sendo salesiano, inspirado pelo Espírito Santo, apontou como padroeiro São João Bosco, fundador de sua congregação.
No dia 04 de maio de 1993, foi criado nosso primeiro Conselho Pastoral, tendo como coordenador o Sr. Álvares Feliciano da Silva. Nesta época já tínhamos o Conselho Administrativo, cujo coordenador era o Sr. Altamiro Teixeira dos Santos. 
No dia 24 de novembro de 1995, com a agradável presença de Pe. Paulo Pereira e Pe. Cléver, foi feita a escolha de novos membros do Conselho Pastoral da comunidade, sendo indicados: Regina Xavier, Gilson e Sirlene Linhares. Todos aceitaram e se propuseram a trabalhar com afinco para o crescimento da comunidade.
No dia 16 de dezembro de 1995, o  seminarista Moacir Silva Arantes foi acolhido com muita alegria na comunidade para trabalhar junto às lideranças, no período de 1996 a 1997.
Em 19 de abril de 1997, a comunidade se alegra com a chegada do seminarista Paulo Sérgio Diniz Mendes, que acompanharia, a partir daí, a vida pastoral da comunidade.
No dia 08 de fevereiro de 1998, a comunidade é mais uma vez agraciada com a presença do Diácono Geraldo Menezes da Silva, à frente dos trabalhos pastorais.
Em 1999, assume a coordenação do Conselho Pastoral da Comunidade a Sr.ª Regina Célia Batista.
No dia 04 de março de 2000, a comunidade se rejubila com a presença de Pe. Paulo Sergio Diniz Mendes, que assume a então chamada “região São João Bosco”, hoje a atual paróquia de mesmo nome, e realiza, neste período, muitos trabalhos pastorais. Nos anos de 2001 e 2002, Pe. Paulo Sérgio conta com a valiosa ajuda do seminarista Edmar Antônio de Souza nos finais de semana.
 

Parceiros