×

Histórico da Paróquia de São Geraldo Magela - Nova Serrana

Em 1998, o então pároco da Paróquia São Sebastião de Nova Serrana, Padre Paulo Pereira, implantou um novo projeto pastoral: a criação de três regiões pastorais: Região São João Bosco, Região São Sebastião e Região São Geraldo Magela. Isso facilitaria a presença dos padres e mesmo o atendimento pastoral mais próximo às comunidades, uma vez que a cidade já estava em franco crescimento demográfico. Assim, na festa de São Sebastião daquele ano foram feitas reflexões sobre essa necessidade de presença do Evangelho nas comunidades.


Em 2001, na assembleia pastoral realizada, confirmou-se a urgência da proximidade com todos aqueles que vinham para Nova Serrana em busca de novas oportunidades.
A solidificação desse projeto foi o embrião para a criação das futuras paróquias. Por isso, em 2004, o Padre Paulo Sérgio Dinis Mendes, pároco na época, apresentou ao Bispo Diocesano a proposta da divisão da Paróquia São Sebastião em três paróquias, seguindo os limites territoriais já existentes nas regiões. Vale lembrar que quem acompanhava diretamente a Região São Geraldo era o Padre Adelmo Sérgio Gomes.


Assim, em 16 de outubro do mesmo ano, dia de São Geraldo Magela, Dom José Belvino do Nascimento presidiu a Celebração Eucarística em que erigia a novel Paróquia dedicada ao santo redentorista, compreendendo as seguintes comunidades: Matriz São Geraldo Magela (bairros Jardim Padre Libério, Jardim Padre Lauro, Santa Maria, Fábio Aguiar, Francisco Lucas, Dona Gumercinda Martins, Jeferson Batista de Freitas e Romeu Duarte); Santa Teresinha (bairros Frei Paulo e Jardins do Lago); Sagrado Coração de Jesus (bairros São Marcos, Ipiranga, Dom Bosco e Vila Ozanan); Santo Expedito (bairros São Sebastião e Jardim São Francisco); São Judas Tadeu (bairros Novo Horizonte e Mariana Martins); Nossa Senhora do Rosário de Fátima (bairro Veredas da Serra); Santa Rita de Cássia (povoado de Areias e as chácaras de Areia Branca e Água Branca); Sagrado Coração de Jesus (povoado de Novais) e Nossa Senhora da Guia (povoado de Henriques).


Na data da criação, foi nomeado como Administrador Paroquial, o Padre Paulo Sérgio; e como Vigário Paroquial, atendendo diretamente à paróquia, o Padre Juscelino Caixeta Campos. Foi um momento especialmente árduo e exigente: criar identidade paroquial nos fiéis acostumados a uma única paróquia; dinamizar os serviços pastorais existentes e fortalecê-los e, ainda, a manutenção da estrutura paroquial.


Em 2006, Padre Juscelino tomou a iniciativa de fazer uma experiência missionária na Prelazia de Tefé, no Amazonas, Igreja-irmã da Diocese de Divinópolis. Assim, em 17 de dezembro do mesmo ano, tomou posse como novo Administrador Paroquial, o Padre Charley Marcelino Silva.


Com a transferência do Padre Charley para a cidade de Itatiaiuçu, foi nomeado Administrador Paroquial, o Padre Marcelo Luiz Caixeta, que tomou posse no dia 31 de janeiro de 2009, numa bonita Celebração Eucarística presidida por Padre Paulo Pereira. Até o presente momento, ele é o responsável pela paróquia e, junto com os fiéis dessa paróquia, caminham juntos na estrada de Jesus.
Entre os dias 13 e julho de 2014, realizou-se a Semana Missionária com a animação dos missionários e missionárias de São Carlos Borromeu - Scalabrinianos; com visita às famílias e fábricas; celebrações em todas as comunidades; além de encontros com os grupos de catequese, os casais e os jovens.


Em 15 de agosto de 2014, organizou-se, formalmente, no bairro Fausto Pinto da Fonseca, a décima comunidade sob o patrocínio de São Bento.

 

 

SERVIÇOS PASTORAIS

  • Pastorais: Acolhida, Batismo, Catequese, Dízimo, Familiar, Juventude, Liturgia, Vocacional;
  • Movimentos: Apostolado da Oração, Sagrada Face, Novena Perpétua de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Terço dos Homens, Encontro de Casais com Cristo, Conferências vicentinas;
  • Ministérios: Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão, Ministros Extraordinários da Celebração da Palavra, Ministro Extraordinário do Batismo, Testemunhas Qualificadas para o Matrimônio, Coroinhas, Acólitos e Cerimoniários.
  • Comissão de Festas e Eventos
  • Conselhos Comunitários de Pastoral
  • Conselho Paroquial de Pastoral e Administração

Parceiros