Página inicial Catedral Divino Espírito Santo

Foranias de Nossa Senhora do Carmo e do Divino Espírito Santo se reuniram para celebrarem, juntas, a Festa de Corpus Christi

Sexta-feira, 1 de junho de 2018 às 13h 13  - Atualizado às 17h 42

A Igreja celebrou, no dia 31 de maio, a Solenidade de Corpus Christi. A festa de Corpus Christi tem por objetivo celebrar, solenemente, o mistério da Eucaristia – o Sacramento do Corpo e do Sangue de Jesus Cristo.

 

Acontece, sempre, em uma quinta-feira, em alusão à Quinta-feira Santa, quando se deu a instituição deste sacramento. Durante a última ceia de Jesus com seus apóstolos, Ele mandou que celebrássemos sua memória, comendo o pão e bebendo o vinho, que se transformariam em seu Corpo e Sangue.

 


No Brasil, a festa passou a integrar o calendário religioso de Brasília, em 1961, quando uma pequena procissão saiu da Igreja de madeira de Santo Antônio e seguiu até a Igrejinha de Nossa Senhora de Fátima. A tradição de enfeitar as ruas surgiu em Ouro Preto, cidade histórica do interior de Minas Gerais.


A celebração de Corpus Christi consta de uma missa, procissão e adoração ao Santíssimo Sacramento.


A procissão lembra a caminhada do povo de Deus, que é peregrino, em busca da Terra Prometida. No Antigo Testamento, esse povo foi alimentado com maná, no deserto. Hoje, ele é alimentado com o próprio Corpo de Cristo.

 

Neste ano, as foranias de Nossa Senhora do Carmo e do Divino Espírito Santo se reuniram para celebrarem, juntas, o Corpus Christi.

 

Os preparativos começaram no início da tarde, quando as pessoas, de todas as paróquias das cidades de Divinópolis, Carmo do Cajuru e São Gonçalo do Pará começaram a montar os tradicionais tapetes pelas ruas do centro de Divinópolis. Às 14 horas, o Santuário de Santo Antônio já estava lotado. Lá,  aconteceu a Adoração, conduzida por Dom José Carlos, Dom Hugo e pelo Padre Adelmo. Os milhares de fiéis presentes seguiram em Procissão até a Catedral do Divino Espírito Santo, onde foi celebrada a Santa Missa, presidida por Dom José Carlos, e concelebrada pelos padres presentes.

 

Em entrevista, Dom José Carlos falou do sentido da Festa de Corpus Christi: 

 

 

Veja, também, a homilia do bispo: 

 

 

POR TÚLIO VELOSO
FOTOS: CHRISTYAM DE LIMA 

Publicidade