Núncio apostólico no Brasil acolhe novos bispos da CNBB. Dentre eles, Dom Francisco Cota

Quinta-feira, 12 de abril de 2018 às 9h 35  - Atualizado às 15h 01

Acolhendo os novos bispos nomeados no último ano pelo papa Francisco, o núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D´Aniello, presidiu a Santa Missa da 56ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), na Basílica Nacional do Santuário de Aparecida - SP, nesta quinta-feira, 12.

 

Na abertura da celebração, dom Giovanni D´Aniello acolheu os novos bispos nomeados no período de maio de 2017 a abril de 2018 e exortou aos bispos que se coloquem a serviço da Igreja como o Bom Pastor. Dom Francisco Cota, do clero da Diocese de Divinópolis, estava junto aos novos bispos. Clique aqui e veja a reportagem especial sobre a Ordenação Episcopal de Dom Francisco Cota.

 

Durante a homilia, o bispo meditou sobre o Evangelho (Jo 3,31-36), que diz que desde toda eternidade Deus concebeu seu verbo, gerou seu filho. Dom Giovanni explicou que o Pai confiou a Jesus e à Igreja a missão de anunciar o amor e a misericórdia aos povos.

 

 

“Sua origem e condição divinas fundam sua missão salvadora conferindo sua autoridade e poder para testemunhar o que viu e ouviu. De modo que naquele que diz e realiza o filho manifesta-se o pai que o enviou. Ambos são uma coisa só. Por isso, quem vê Jesus, vê o Pai e quem não o escuta, não escuta a palavra de Deus”, refletiu.

 

 

Ao recordar a passagem da primeira leitura (At 5,27-33), o núncio destacou o convite de Pedro para que permanecêssemos centrados no cristo.

 

 

“Há nas suas palavras uma contraposição entre a ação dos chefes que levam Jesus à morte e a ação de Deus que o ressuscita”, disse o bispo.

 

 

Dom Giovanni convidou os novos bispos a serem pastores conduzindo o povo em suas dioceses no caminho do Pai.

 

 

“Ser alguém que saiba elevar-se à altura do olhar de Deus sobre nós para nos guiar para Ele. Esse é o nosso irrenunciável testemunho prestado na obediência e celado no Espírito Santo e o mesmo espírito que doa fé é um dom da fé e é dado a quem o obedece”, ressaltou.

 

 

Por fim, o núncio pediu a intercessão da Virgem Maria pela a 56ª Assembleia Geral e confiou à Mãe Aparecida os frutos do trabalho durante o encontro do episcopado brasileiro.

 

 

 

Bispos nomeados 2017-2018:

  • Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Olinda e Recife (PE) padre Limacêdo Antônio da Silva
  • Bispo auxiliar da Diocese de São Carlos (SP), padre Eduardo Malaspina
  • Bispo de Teixeira de Freitas/Caravelas (BA), dom Jailton de Oliveira Lino
  • Bispo auxiliar da Arquidiocese do Rio de Janeiro (RJ), dom Paulo Celso Dias do Nascimento
  • Bispo da Diocese de Propriá (BA), dom  Vitor Agnaldo de Menezes
  • Bispo da Diocese de Guarabira (PB), dom Aldemiro Sena dos Santos
  • Bispo da Diocese de Cametá (PA), dom José Altevir da Silva
  • Bispo Auxiliar da Diocese de Belém do Pará (PA), dom Antônio de Assis Ribeiro
  • Bispo da Diocese de Campo Maior (PI), dom Francisco de Assis Gabriel dos Santos
  • Bispo Auxiliar da Arquidiocese do Rio de janeiro (RJ), dom Juarez Delorto Secco
  • Bispo auxiliar da Arquidiocese de Curitiba (PR), dom Francisco Cota de Oliveira
  • Bispo auxiliar da Arquidiocese de Curitiba (PR), dom Amilton Manoel da Silva
  • Bispo da Diocese de Limoeiro do Norte (CE), dom André Vital Félix da Silva
  • Bispo da Diocese de São Luiz de Cáceres (MT), dom Jacy Diniz Rocha
  • Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Niterói (RJ), dom Luiz Antônio Lopes Ricci

 

 

QUADRO EPISCOPAL

 

Segundo os dados atualizados pelo professor doutor Fernando Altemeyer Junior, chefe do departamento de Ciência da Religião da PUC-SP, o quadro geral da organização da Igreja no Brasil está desenhado do seguinte modo:

 

 

Circunscrições eclesiásticas

 

No Brasil há 277 circunscrições eclesiásticas: 44 arquidioceses ou sedes metropolitanas, 216 dioceses, nove prelazias territoriais, uma arquieparquia de rito oriental, três eparquias orientais, um ordinariato militar, um exarcado, um ordinariato para fieis de rito oriental sem ordinário próprio, uma Administração Apostólica pessoal. A organização na Igreja Católica do Brasil acontece através da rede de 11.700 paróquias e 50.159 centros de atendimento pastoral.

 

 

Ministérios e ministros

 

Ministérios e ministros na evangelização são: 27.416 presbíteros, 3.849 diáconos permanentes, 2.073 membros de institutos seculares, 122.170 missionários leigos, 2.674 irmãos, 6.154 seminaristas maiores em 595 seminários de formação presbiteral, 29.868 religiosas consagradas e 700.000 catequistas.

 

 

Episcopado

 

O episcopado católico brasileiro entre vivos e falecidos de 25/02/1551 até 01/04/2018 somam 1.153 nomes: um Abade-bispo, 22 cardeais que são arcebispos, 209 arcebispos, 802 bispos, 95 prelados, três prefeitos, 11 administradores apostólicos, dois exarcas e oito eparcas. São 477 bispos vivos e 676 bispos falecidos.

 

Perfil dos bispos vivos em 01/04/2018: 383 brasileiros, ou seja, 80,3% e 94 estrangeiros, ou seja, 19,70%.

 

Origem geográfica dos 676 bispos falecidos até 01/04/2018: 435 brasileiros, ou seja, 64,4% e 241 estrangeiros, ou seja, 35,6%.

 

Todos os 1153 bispos católicos vivos e falecidos do Brasil até 01/04/2018: 817 brasileiros, ou seja, 71 % e 336 estrangeiros, ou seja, 29%.

 

Atualmente temos 476 bispos vivos no Brasil indicados pelos seguintes pontífices: 2 nomeados pelo papa São João XXIII; 39 foram nomeados pelo papa beato Paulo VI; nenhum bispo nomeado pelo bem-aventurado papa João Paulo I; 229 bispos nomeados pelo papa São João Paulo II; 125 nomeados pelo papa Bento XVI; 81 nomeados desde 19/03/2013 até 01/04/2018 pelo atual papa Francisco.

 

 

 

Episcopado atual

 

Há 308 bispos ativos na hierarquia católica no Brasil (com voz e voto na CNBB):

105 nomeados pelo papa São João Paulo II;

122 nomeados pelo papa Bento XVI, hoje emérito;

81 nomeados pelo atual papa Francisco.

 

 

Há 168 bispos eméritos:

2 nomeados pelo papa São João XXIII;

39 nomeados durante o papado de Paulo VI;

124 nomeados pelo papa São João Paulo II;

3 nomeados pelo papa Bento XVI;

 

Fotos

Clique na imagem para ampliar.

Publicidade