Dom José Carlos propõe um Gesto Concreto de Natal

Quinta-feira, 21 de dezembro de 2017 às 7h 00  - Atualizado às 9h 56

O tempo do Advento para os cristãos é um tempo de preparação, de alegria e de expectativa. Os fiéis esperam o Nascimento de Jesus Cristo, vivem o arrependimento dos seus pecados e promovem a fraternidade e a paz. E, para melhor preparar para o Natal, todos os anos, a Diocese de Divinópolis lança o livro da Novena de Natal. 



A Novena de Natal deste ano acolhe o tema "Maria nos traz o Manancial de vida e alegria!" (cf. Doc 107 CNBB).  E, no sétimo parágrafo de sua apresentação, Dom José Carlos convida a todos os fiéis da Diocese de Divinópolis a um Gesto Concreto de Natal.

 

No vídeo, abaixo, dom José Carlos fala um pouco desse Gesto Concreto de Natal: 

 

 

 

 

Vamos nos preparar para celebrar o Natal; se você não faz parte de um grupo de reflexão, organize-se com sua família ou com seus vizinhos e façam a novena. Os livros poderam ser adiquiridos  nas secretarias de todas paróquias da diocese ou na Livraria João Paulo II.



Assim, estaremos nos preprando para recerbemos o Menino Jesus.

 

 

Leia, na íntegra, a apresentação de Dom José Carlos para o livro da Novena de Natal:

 

Irmãos e irmãs, amados de Deus, eleitos e salvos em Jesus Cristo, cujo nascimento estamos para celebrar, na atualidade sempre fecunda e eficaz do Espírito!


Nossos olhos voltam-se, mais uma vez, admirados e reverentes, na direção do presépio. Deus habita aquele lugar. Tão pobre, tão humano, tão divino! Tão esperado, tão amado, tão nosso! Este mistério não pode ser esquecido! Deus desce para nos fazer subir. Faz-se humano para nos fazer divinos. Faz-se da terra para nos fazer do céu!


Na pobreza daquela cena e no calor daquele afeto familiar e doméstico, mesmo que numa casa improvisada, o Verbo de Deus mostra seu rosto sem nos obrigar a cobrir nosso rosto, como nos tempos de outrora. Agora, podemos ver Deus! Os olhos que creem contemplam a onipotência escondida na fragilidade. Deus se torna tão próximo que pode ser visto entre nós, como nunca antes e como nenhum outro. O mistério da encarnação de Deus é patrimônio espiritual e histórico do Cristianismo. Eis nossa mais genuína alegria e nossa certeza primordial.


Deus existe! Deus mostrou seu rosto no seu Filho! Deus nos fez a todos filhos no Filho!


Natal é celebrar nossa vocação mais alta e bela: somos de Deus, somos do alto, somos da família de Jesus.


Vamos viver esta novena de Natal como quem se prepara para ver Jesus: convertendo os nossos corações; abrindo-nos, pela via do amor, aos irmãos; indo de encontro a toda carne humana, porque o Verbo de Deus, de alguma forma, habita toda criatura humana... A nossa humanidade recebe, de novo, em Jesus a imagem e a semelhança de Deus, obscurecidas no paraíso das origens. O Pai apresenta-nos seu Filho Unigênito como modelo e formato do ser humano feliz e pleno de sentido.


Convido-os a todos, pessoas e grupos, por ocasião desta novena de Natal, a um gesto concreto que nos leve, uma vez ainda, a olhar para a grande reforma do nosso Seminário em Belo Horizonte, onde estão sendo formados nossos futuros sacerdotes e homens de bem e de Deus. Que cada pessoa e grupo, tanto quanto possa, empenhe-se numa ajuda monetária em prol desta obra. Qualquer valor! Desde que seja de coração! Que nosso Seminário seja a manjedoura que forme corações simples e mansos para a missão de ser Sacramento de Cristo, pois este é o Sacerdote!


Rezo pelas intenções de todos. Rezem também, eu lhes peço, pelas minhas intenções. Rezemos sempre na unidade de coração e de fé.
Que o Menino Jesus nos faça crescer na esperança e no empenho de um Brasil melhor, de uma Igreja mais profética e samaritana e de um tempo mais banhado de diálogo, tolerância e paz.

 

Dom José Carlos de Souza Campos
Bispo Diocesano de Divinópolis-MG