Dom Paulo Lopes de Faria (1931 - 2007)

Nasceu em Igaratinga, Minas Gerais, no dia 24 de fevereiro de 1931. Foi ordenado sacerdote em Belo Horizonte na Catedral da Boa Viagem em 08 de dezembro de 1957 por D. João Resende Costa, SDB que estava recém chegado a Belo Horizonte como Arcebispo Coadjutor.


Foi professor no seminário; trabalhou alguns meses na paróquia de Betânia, e foi o primeiro pároco de Nossa Senhora da Piedade, no Bairro das Indústrias, onde permaneceu por 15 anos.


O Papa João Paulo II o nomeou bispo auxiliar da Arquidiocese de Niterói em 1980, com a sede titular de Thelepte .Recebeu a consagração episcopal no dia 27 de dezembro de 1980, no Ginásio Mineirinho em Belo Horizonte. Em 1983 foi nomeado bispo de Itabuna, na Bahia.Sua posse se deu no mês de janeiro, tendo sido presidida pelo Cardeal Arcebispo de Salvador D. Avelar Brandão Vilela. Nesta diocese, onde ficou 12 anos, organizou o Seminário São José, deu início à construção do centro de Pastoral João Paulo II, criou diversas paróquias. Nesse período, foi Presidente do Regional Nordeste 3 da CNBB por dois períodos.

 


Em 1995 foi nomeado arcebispo coadjutor da Arquidiocese de Diamantina, tornando-se seu arcebispo metropolitano em 1997. Em Diamantina coordenou a reforma de várias obras da arquidiocese, transferiu o Seminário Menor da cidade deCurvelo para Diamantina; criou a Casa dos Padres em Curvelo, criou 17 novas paróquias além de duas novas foranias e três regiões episcopais.
Foi presidente do Regional Leste 2 da CNBB de 1999 a 2003.

 

Em 2007 foi aceita a sua renuncia ao governo da Arquidiocese de Diamantina. Depois de aceita sua renúncia foi morar em Belo Horizonte. Faleceu no dia 16 de julho de 2007.

Publicidade